Um processo licitatório que seria iniciado para uma eventual contratação de empresa especializada na organização e realização de Concurso Público para a Câmara Municipal de Itambé foi suspenso na manhã desta quinta-feira (30), após sete vereadores se adentrarem ao recinto do certame.

A sessão licitatória, na modalidade tomada de preço foi interrompida após os edis protestarem sugerindo irregularidades no processo. Na ocasião, somente uma empresa se habilitou a participar da licitação.

Os ânimos ficaram exaltados e vários vídeos foram produzidos pelos vereadores, que rapidamente viralizaram nas redes sociais.

Os membros da comissão organizadora, após se reunirem, decidiram pela suspensão da licitação.

O Presidente da Câmara, Sivaldo Abreu (Ceçula) deve se pronunciar através de Nota de Esclarecimento nesta sexta-feira (31). (itambeagora)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui