IRepórter

Comerciante é assassinado a tiros em Iguaí

Foto: reproduão/ redes sociais

Um comerciante, identificado como Luiz Carlos Tavares da Silva, de 40 anos, foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (21), em Iguaí. O homicídio aconteceu na Avenida Naomar Alcântara, no Bairro Arnulfo Órfão, no Centro. As informações apuradas pelo ireporter.blog dão conta que a vítima estava saindo de casa, quando foi atingida com vários tiros. Pessoas que passavam pelo local socorreram o homem para o hospital do município, no entanto, ele não resistiu e faleceu na unidade médica. Luiz, também conhecido como ‘Ceará’, era proprietário de uma loja de acessórios de motos na cidade. A polícia investiga a autoria e motivação do crime. Ninguém foi preso, ainda.

Homem morre durante acidente em Iguaí

Por ireporter

Foto: arquivo

Na tarde desta terça-feira (19), o corpo de Edson de Jesus Ataíde foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga, após exame cadavérico. Ele morreu na madrugada do mesmo dia após ter o crânio esmagado por um caminhão boiadeiro. Edson tinha 46 anos.

O acidente aconteceu na Rua Dr. Fernandes Miguel Vieira, no Centro de Iguaí. Populares disseram à polícia que o homem era alcoólatra e tinha hábito de dormir embaixo de veículos.

Uma câmera de segurança mostrou que o acidente foi provocado por um caminhão amarelo e que o motorista, provavelmente, não percebeu o atropelamento.

Clique AQUI para mais notícias de Itapetinga e região:

Iguaí |Trabalhador morre após ser atingido pela motosserra que usava

Esta semana, uma tragédia chocou os moradores do município de Iguaí, no Médio Sudoeste baiano. O trabalhador rural de 67 anos, Agnaldo de Jesus  morreu após ser atingido pela motosserra que usava na tarde de quarta-feira (14).

De acordo com as informações apuradas pelo IREPORTER, o idoso cortava o tronco de uma árvore quando a motosserra escorregou da mão dele, subindo e atingindo o pescoço do trabalhador.

Ainda de acordo com as informações, seu Agnaldo realizava sozinho o serviço em uma  fazenda, distante aproximadamente 12 quilômetros da cidade. Havia um casal de idosos na propriedade rural,  mas, não conseguiu estancar o sangue, que jorrava muito forte.

O corpo foi liberado para a família após exame cadavérico no Instituto Médico Legal (IML) em Itapetinga. O clima é de muita dor e comoção entre familiares e amigos da vítima.

Homem é preso por descumprir medida protetiva e ameaçar ex- esposa: “Vou arrancar sua cabeça”

Por IREPORTER.BLOG

A Polícia Civil do município de Iguaí, na manhã desta quarta-feira (9), realizou a prisão de um homem de 36 anos, por descumprir uma medida protetiva de urgência. A prisão dele aconteceu na localidade conhecida como Casas Populares, zona rural da cidade.

A mulher do preso disse que deixou a cidade de Iguaí para morar em um município vizinho por conta das ameaças do ex- companheiro. As ameaças eram proferidas pelo Whatsapp, nas quais o acusado prometia ‘arrancar a cabeça’ da vítima e também ameaçava os familiares dela.

O homem, conhecido na localidade como ‘Beto’, ficou preso no Disep de Iguaí, à disposição da Justiça Criminal. A polícia segue acompanhando o caso.

Em outubro deste ano, um homem foi preso na cidade de Iguaí, sob acusação de assassinar uma mulher de 51 anos, no interior da residência da própria vítima, no Centro (Veja Aqui).

Iguaí: Juíza eleitoral multa candidato em R$ 50 mil por aglomeração após denúncia

A juíza eleitoral Isabella Lago determinou a apreensão de um carro de som na cidade de Iguaí, no médio sudoeste da Bahia, neste domingo (1º). A juíza recebeu a denúncia através do Disque-Aglomeração, lançado neste sábado (31), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

A magistrada, que coordena o programa proferiu a primeira decisão de apreensão por aglomeração com base no artigo 243 do Código Eleitoral, incisos IV e VI, que proíbe a perturbação do sossego público, fato noticiado na Zona Eleitoral 146º, em Iguaí. “A pandemia da Covid-19 ainda reclama cuidados e observância das recomendações sanitárias, há evidência de que a violação e o desrespeito às normas não podem ser tolerados”, frisa Lago. Conforme prevê a Resolução Administrativa Nº 37/2020, ela pode exercer o poder de polícia em todos os municípios da Bahia.

Na ação deste domingo (1º), a violação da decisão judicial, que visa preservar a saúde coletiva, foi praticada pelo candidato Ronaldo Moitinho dos Santos (Rony 55). O candidato, o partido e a respectiva coligação também serão notificados para que não voltem a violar as decisões das normas. A determinação vale para todos os candidatos.

“Caberia o comprometimento dos candidatos e partidos políticos, os quais devem pautar a campanha em respeito às medidas de contenção de novas infecções, e, havendo abusos, impõe a atuação do poder de polícia, que ora se perfectibiliza”, destaca a juíza, na decisão.

Diante de violações das normas sanitárias na cidade, foi determinada a observância do parecer sanitário estadual, que veda atos de campanha com aglomeração – sejam passeatas, carreatas, comícios, caminhadas ou quaisquer outros que estejam em desacordo com as regras estabelecidas pelo Comitê Estadual de Emergência em Saúde, em atendimento a pedidos do Núcleo de Promotores Eleitorais. A multa, fixada no valor de R$ 50 mil, será aplicada a cada descumprimento.

O Disque-Aglomeração, canal exclusivo para denúncias ligadas à concentração de pessoas em atos de campanha eleitoral no estado, funcionará todos os dias, das 9h às 24h, por meio do número (71) 3373-9000.

Ao receber a denúncia, o atendente anotará nome, telefone e CPF do denunciante, além do local do ilícito, e encaminhará os dados para providências imediatas da Juíza Coordenadora do Plano Integrado de Segurança – Eleições 2020. De acordo com o ato, o exercício do poder de polícia se dará de forma emergencial, nos casos de denúncias recebidas pelo Disque-Aglomeração , e de forma concorrente, sem prejuízo do exercício do poder de polícia do respectivo juiz eleitoral. (BN)

Iguaí: Acusado de participar de homicídio de criança é preso; confira a reportagem

Por IREPORTER.BLOG

A Polícia Civil de Iguaí realizou a prisão de um homem acusado de participar de um homicídio que teve como vítima um menino de 7 anos. Felipe foi atingido com um tiro na cabeça e morreu após o crime. O pai do menino também foi baleado, mas, sobreviveu. Ouça a reportagem:

Criança morre após ser baleada junto com o pai em Iguaí

POR IREPORTER.BLOG

Na noite desta sexta-feira (16), um menino de 7 anos, identificado como Felipe, não resistiu aos ferimentos e morreu após ser baleado na frente da residência, no Bairro Novo, em Iguaí. Ele chegou a ser socorrido para o hospital, mas, faleceu a caminho do Hospital de Base de Itabuna.

Segundo a polícia, o pai da criança também foi baleado. Ele seria o alvo principal dos atiradores, mas, a criança acabou abraçando o pai no momento dos disparos.

O homem foi socorrido e levado para Itabuna.

As investigações estão a cargo da Polícia Civil.

Ninguém foi preso, ainda.

Mais notícias de Iguaí clique AQUI:

Mulher acusada de matar o marido é assassinada em Iguaí

POR IREPÓRTER

Angélica Oliveira Santos de Abreu morreu na madrugada desta quinta-feira (8) após ser baleada na zona rural do município de Iguaí. A mulher de 22 anos ainda foi socorrida e levada ao hospital local e depois transferida para o Hospital de Base de Itabuna, onde não resistiu e faleceu por volta das 2 horas.

Segundo a polícia, a jovem foi atingida com vários tiros nas costas enquanto carregava baldes d’água para uma casa na localidade.  Suspeita-se que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas no município. Buscas foram realizadas, mas, o atirador ainda não foi localizado.

Angélica já era conhecida da população, inclusive, da própria Justiça Criminal.  Ela foi presa em outubro do ano passado sob acusação de assassinar o próprio marido, Zezito Santana Filho, 24 anos.  Ele recebeu um golpe fatal no peito, desferido com um punhal.  Na época, Angélica argumentou, dizendo que agiu em legítima defesa, já que estava sendo atacada por Zezito.

Acusado de feminicídio é preso em Iguaí

POR IREPÓRTER.BLOG

Na tarde dessa segunda-feira (5), a Polícia Civil do município de Iguaí cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, acusado do assassinato de Maria Nilza Oliveira, de 51 anos.

         O crime:

Na tarde da última quinta-feira (1º), por volta das 16 horas, o corpo da vítima foi encontrado por uma vizinha, que estranhou a porta da residência aberta e foi verificar o que estava acontecendo. Lá, mais precisamente no banheiro do imóvel, localizado no Centro da cidade, ela se deparou com o corpo de Maria. Havia muito sangue em volta do corpo, que apresentava uma perfuração de faca na região do pescoço.

Fuga, roubo e prisão:

Com o passar dos dias cresceu a suspeita de que o crime havia sido praticado por um homem conhecido como “Caxixi”. Ele teria um relacionamento amoroso com a vítima.

Diante das provas apresentadas, a Justiça Criminal mandou prender o acusado por feminicídio. O homem estava escondido na casa de parentes, distante 15 quilômetros da cidade de Iguaí.

O homem de 27 anos  disse que foi atacado pela mulher  e que deu uma facada nela para se defender.

Para fugir da cidade, “Caxixi” roubou uma motocicleta Honda Bros, a qual foi recuperada pela polícia e devolvida ao proprietário.  

Agora, ele vai responder pelos crimes de feminicídio e roubo.

Canal no YouTube, clique aqui

Instagram do site, clique aqui

Mulher assassinada em Iguaí

Por IREPÓRTER

Por volta das 16 horas dessa quinta-feira (1º), uma mulher de 51 anos foi assassinada na Rua Manoel Pereira, no Centro de Iguaí.

Segundo a polícia, Maria Nilza Oliveira foi encontrada morta no banheiro da residência, onde morava sozinha.  Havia muito sangue no local e a vítima apresentava um ferimento no pescoço, provavelmente, provocado por faca.

O corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itapetinga após o trabalho dos peritos na cena do crime.

Ainda não há informações da autoria e motivação do homicídio.

Open chat