IRepórter

Itapetinga e Itororó: Depois da onça-parda, agora foi a vez do tamanduá-bandeira ser atropelado e morto

Recentemente, uma filhote de onça-parda, de aproximadamente 4 meses de vida, foi atropelado e morto por um carro de passeio, quando tentava atravessar a rodovia BA-263, no trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, no Sudoeste Baiano.

Esta semana, mais um animal foi vítima de atropelamento na BA-263, no trecho conhecido como “Rio da Onça”, entre os municípios de Itapetinga e Itororó. Um tamanduá-bandeira foi encontrado morto no meio da pista e com sinais de atropelamento.

Animais da fauna brasileira são flagrados com frequência atravessando rodovias da região, alguns expulsos pelas queimadas que acontecem de forma desenfreada, em Itapetinga e região.

Veja também:  onça é atropelada e morta entre Itapetinga e Itambé.

Itapetinga/Itambé: Onça provoca acidente na BA-263

O funcionário público municipal Maurício Silva se envolveu em um acidente inusitado na tarde da última quinta-feira (24), enquanto conduzia o seu carro pela rodovia BA- 263, no trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, no Médio Sudoeste baiano. Ele atropelou e matou um filhote de onça, próximo à estrada que dá acesso ao distrito de Campinarana.

“Na curva, ela pulou na minha frente. Tentei segurar o carro, mas não teve jeito, acabei atropelando o animal”, disse Maurício.

O funcionário público, que viajava sozinho no momento do acidente, não se feriu, apenas danos materiais no veículo. A frente do carro ficou danificada, inclusive, o radiador teve que ser substituído. O animal morreu na hora.

A pedido do site IRepórter, médico veterinário Alexandre analisou as imagens do animal. Segundo ele, trata-se de uma Onça-Parda, também conhecida como Suçuarana ou leão-baio, dependendo da região. O felino tinha entre 3 e 4 meses de vida.

A presença dessa espécie de mamífero carnívoro tem sido frequente em algumas fazendas da região do Médio Sudoeste, segundo relato de trabalhadores rurais .

Resultado de imagem para Sussuarana onça
Suçuarana. Foto: reprodução/Google

Quero receber notícias direto no meu Whats App

Identificadas as vítimas de grave acidente na BA-263, entre Itapetinga e Itambé

Ao menos duas pessoas ficaram feridas durante uma colisão entre dois carros de passeio, na tarde desta quarta-feira (23), na rodovia BA-263, no trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, no interior da Bahia.

Leitores do site Irepórter disseram que a colisão aconteceu entre um carro de passeio e um caminhão e que as vítimas ficaram às margens da pista, aguardando o socorro.

A ocorrência aconteceu próximo a cidade de  Itambé, quando o carro de passeio viajava em direção a  Itapetinga e o caminhão em sentido contrário.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) deslocou-se para o local.

Duas vítimas deram entrada no hospital Cristo Redentor em Itapetinga:  Maicon souza de Morais, 23 anos, e Anderson Silva dos Santos, 37 anos, morador de Itororó. 

Chovia no momento do acidente. Novas informações em instantes…

Buraco na BA-263, entre Itapetinga e Itambé, causa acidente de trânsito

Um acidente de trânsito foi registrado na rodovia BA-263, no trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, na madrugada do último domingo (13).

De acordo com testemunhas,  o homem que dirigia o carro no momento do acidente se identificou apenas como sendo um mecânico, morador  de Vitória da Conquista. 

Ele viajava  sozinho no veículo sentido Itambé e nas proximidades da “Fazenda Mata Escura” perdeu o controle da direção após o veículo cair em um buraco.

O carro ficou danificado,  mas a vítima não sofreu ferimentos. 

População e alunos bloqueiam a BA-263 em protesto contra Rui Costa

Alunos, professores, entidades e população em geral de Itambé, bloquearam nesta manhã de quinta-feira (04), a rodovia BA-263, nas proximidades do Posto de Combustíveis São Sebastião, em protesto contra o fechamento do Centro Educacional Gilberto Viana.

A ação visa chamar atenção do Governo do Estado da Bahia quanto aos prejuízos a serem causados à comunidade com o possível fechamento da escola, que atende cerca de 400 alunos de nível médio.

A mobilização da comunidade itambeense têm sido intensa para tentar reverter a decisão irresponsável do governador Rui Costa, que optou pela exclusão do ensino médio no CEGV, tradicional escola que há 60 anos vem educando e formando os itambeenses para a construção de um futuro promissor.

A cidade de Itambé, hoje com pouco mais de 25 mil habitantes, de acordo com a decisão do Governo Rui Costa, terá a partir do ano de 2019, somente o Colégio Polivalente para ofertar o ensino médio no município.

A mobilização que conta com o apoio de todas as entidades e população itambeense, tenta com muita luta sensibilizar o Governo do Estado a suspender essa decisão.

O protesto acabou no fim da manhã, de forma pacífica, sem nenhum incidente registrado. (itambeagora)

Open chat