IRepórter

Em Itarantim, ação conjunta prende acusados de tráfico de drogas

Duas pessoas foram detidas e drogas apreendidas durante uma ação conjunta, evolvendo a Polícia Nilitar e a Guarda Civil Municipal (GCM), na cidade de Itarantim.

A ocorrência aconteceu na última sexta-feira (8) depois que uma equipe da GCM abordou dois suspeitos durante ronda de rotina.

As informações do Boletim de Ocorrência (B.O) dão que uma equipe da Polícia Militar foi acionada por que um dos abordados confessou que tinha drogas em casa.

Ainda segundo a polícia, os militares juntamente com os guardas municipais deslocaram-se até o bairro Bob Kennedy, onde apreenderam grande quantidade de drogas. As drogas estavam embaladas em um saco plástico e enterradas no quintal da casa de Cleverton de Souza Carvalho.

A dupla e o material apreendido foram apresentados no complexo policial. kleverton foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

O outro rapaz foi liberado após prestar depoimento a Polícia Civil.

Urgente: Tentativa de roubo a banco na cidade de Itarantim é fake, segundo a polícia

A informação de uma tentativa de assalto Agência do Banco do Brasil na cidade de Itarantim, no Médio Sudoeste Baiano, movimentou as redes sociais, principalmente o WhatsApp, no fim da tarde e início na noite desta terça-feira (29).

Algumas mensagens compartilhadas pedem que os moradores fiquem dentro de casa, porque o clima é tenso e que a polícia pediu reforço.

O site IRepórter conversou com os órgãos de segurança pública do município e foi informado que tudo não passou de boato, criado pelos próprios internautas.

Ainda conforme as informações chegadas pela reportagem, nesta terça-feira, houve sim movimentação policial, mas por conta de uma transferência de presos.

Até a publicação desta notícia não havia informação de ocorrência grave em Itarantim, mas policiais de outros municípios estão na cidade.

Itarantim: acusado de atropelar e matar carroceiro não tem CNH e conta com passagens por furto

Transportado em uma carroça até o cemitério local, foi sepultado na manhã do último sábado (26), o corpo do carroceiro Vilson Fernandes da Silva, de 49 anos, vítima de um atropelamento ocorrido no perímetro urbano da cidade de Itarantim, no Médio Sudoeste Baiano.

Durante a reportagem produzida pelo site IRepórter, a família informou que ‘Bita Carroceiro’, como era conhecido na cidade, nunca deixou faltar o pão de cada dia.

De carreto em carreto Vilson criou quatro filhos os quais já estão adultos e hoje pedem justiça pela morte precoce do pai.

O homem acusado de provocar o atropelamento está preso no Complexo Policial de Itapetinga, mas poderá ser colocado em liberdade a qualquer momento, mediante pagamento de fiança.

Além de Vilson, outros dois carroceiros ficaram feridos depois que a carroça em que eles estavam foi atingida pelo veículo.

O carro envolvido na tragédia foi incendiado por moradores na noite de sábado.

Assista ao vídeo e confira a reportagem completa.

Itarantim: Motorista bate em carroça, mata uma pessoa e fere outras duas

Duas pessoas ficaram feridas e uma morreu depois de serem atropeladas por um carro de passeio na rodovia que liga os municípios de Potiraguá e Itarantim, no Sudoeste da Bahia, no fim da tarde desta quinta-feira (24).

As vítimas são todas do sexo masculino e viajavam em uma carroça, quando foram atropeladas pelo carro, próximo ao Bairro Senhor do Bonfim, na saída da cidade de Itarantim sentido Potiraguá.
Os três homens foram socorridos e levados ao hospital de Itarantim por uma ambulância da secretaria de saúde do município. Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser transferida para o Hospital de Base de Vitória da Conquista. Trata-se de Vilson Fernandes da Silva, conhecido por “Bita Carroceiro”, 49 anos.

As outras duas vítimas seguem hospitalizadas no hospital local e, aparentemente, não correm risco de morte.

 O motorista do carro, acusado de provocar o atropelamento, foi detido pela polícia e apresentado na delegacia de Itarantim.

Itarantim: Ex-pastor Edimar volta a ser preso, agora por estupro, mas diz que é inocente

O ex-pastor evangélico, identificado como Edimar da Silva Brito, de 40 anos, que ficou conhecido nacionalmente depois de ser preso, acusado de assassinar uma pastora e a sobrinha dela, foi preso novamente. Desta vez, ele é acusado de estuprar a própria enteada, uma moça de 21 anos.

O crime?

O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (16) na própria residência onde morava o acusado, a companheira dele e a vítima. A mulher não estava em casa no momento do ocorrido porque estava viajando.

O que diz a denunciante?

A vítima informou que estava no quarto da casa dormindo com o seu namorado depois de consumir bebida alcoólica. Ela estava muito cansada e após um banho resolveu deitar um pouco. Minutos depois, notou que tinha alguém lhe acariciando, tentando manter relações sexuais. Por alguns instantes, chegou a pensar que fosse o namorado. Depois, percebeu que estava sendo abusada sexualmente pelo próprio padrasto. Seu namorado acordou em seguida e o acusado deixou o quarto e fugiu.

Prisão

A prisão de Edimar foi realizada por agentes da Polícia Civil com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) no Bairro Anedilha Carvalho. Ele foi encontrado pelos policiais na casa da ex-mulher e não reagiu a abordagem.

O que diz o acusado?

Edimar disse que jamais seria capaz de cometer um crime desta natureza. Informou ainda que deixou a residência logo depois que o casal foi deitar.

Flagrante

Depois de colher o depoimento do casal, a Polícia Civil não teve dúvidas do ocorrido e autuou Edimar por estupro de vulnerável. Ele segue preso na delegacia do município, a disposição da Justiça Criminal.

Ex- pastor
Em 19 de janeiro de 2016, Edimar ficou conhecido nacionalmente após ser acusado de mandar matar a pastora Marcilene Oliveira Sampaio e sua sobrinha Ana Cristina Sampaio.

Elas foram assassinadas a pedradas em uma estrada na região de Barra do Choça, próximo de Vitória da Conquista. Os dois homens que executaram o crime também foram presos e confessaram à polícia que Edimar foi o mandante. ( Reportagem/ Blog IRepórter )

Open chat