IRepórter

Urgente: Jovem é baleado e dá entrada no Hospital Cristo Redentor

Na madrugada desta quarta-feira (30), uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) socorreu para o hospital Cristo Redentor, em Itapetinga, um jovem de 19 anos, vítima de disparo de arma de fogo, no município de Itororó.

As informações apuradas pelo site IRepórter dão conta que a tentativa de homicídio aconteceu em uma fazenda, no distrito de Itati e que a vítima foi atingida por um tiro de espingarda no rosto.

kaique Teixeira ficou hospitalizado no Hospital Cristo Redentor. A Polícia Civil está investigando autoria e motivação do crime.

Mudança de nome da Praça Castro Alves em Itororó gera revolta. “Tem coisas mais importantes”, diz Marcos Palmeira

O ator global Marcos Palmeira se manifestou contrário à lei municipal 958/2019, criada pelos vereadores e sancionada pelo prefeito do município de Itororó, Adauto de Oliveira de Almeida, que mudou o nome da Praça Castro Alves para Eujácio Simões Filho. Natural de Itororó, o próprio artista gravou um vídeo onde lamenta a atitude dos ‘representantes do povo’. “Tem coisas mais importantes que Itororó está precisando”, disse.

Antônio Frederico de Castro Alves foi um poeta brasileiro. Escreveu clássicos como Espumas Flutuantes e Hinos do Equador que lhe alçaram à posição de maior entre seus contemporâneos.

Eujácio Simões Filho nasceu em Itororó, foi Deputado Estadual da Bahia, Presidente da Assembleia Legislativa do Estado e Deputado Federal.

O site iRepórter constatou que a maioria dos moradores da cidade é a favor que o político e sua família sejam homenageados, no entanto, eles querem que a lei seja revogada e que o nome do deputado seja fixado em outra praça, menos na Praça Castro Alves.

Afinal! ‘A praça é do povo, como o céu é do condor’.

Até a publicação desta notícia, a prefeitura de Itororó nem a câmara de vereadores do município se manifestaram a respeito do caso.

Em Itororó, homem é preso por receptação ao ser flagrado dirigindo carro roubado

Um veículo GM/Celta foi apreendido por policiais militares, lotados no 4º pelotão de Itororó, durante abordagem no Bairro Sinval Palmeira, por volta das 16 horas de sábado (12).

Os policiais que atenderam a ocorrência disseram que chegaram ao local depois de denúncia anônima, dando conta que um homem estava conduzindo um veículo roubado na localidade.
Na abordagem, os militares começaram a investigar o carro e acabaram constatando que a placa que estava no Celta pertence a outro carro, bem parecido com o veículo abordado.
A diferença é que o veículo roubado não possui 5 portas nem é de 2004, como dizia a própria placa fixada nele.

O motorista e o carro foram apresentados no Complexo Policial da cidade de Itapetinga. O homem disse que comprou o carro por R$ 4.000,00 em Itororó, mas não sabia que o veículo era roubado.

Ele foi liberado da delegacia depois de prestar depoimento, porém, vai responder por receptação. Já o veículo será entregue ao verdadeiro dono após ser periciado.

Morador de Vitória da Conquista morre após acidente na estrada de Itororó

Além das péssimas condições da maioria das rodovias do  Médio Sudoeste da Bahia, os animais de grande porte em via pública é outro problema que precisa de soluções urgente. 

Na madrugada desta segunda-feira (14), uma vaca no meio da pista provocou um acidente de trânsito que resultou na morte  de um rapaz, identificado como Daniel Porto Marques Guerra. No momento da colisão, o jovem pilotava uma motocicleta com destino a  uma fazenda no município de Itororó. 

O site IReporter apurou ainda que o acidente aconteceu nas proximidades da empresa ‘Cal Polar’ e que Daniel foi socorrido e levado ao Hospital Cristo Redentor, em  Itapetinga, mas não resistiu aos ferimentos. O socorro da vítima para o hospital foi realizado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele tinha 27 anos e morava no Centro de Vitória da Conquista. 

O corpo do homem será liberado para os familiares após exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Itororó: Bandidos explodem agências bancárias e reviram joalheria

Bandidos explodiram duas agências bancárias e invadiram uma joalheria no município de Itororó, no centro-sul baiano. Os crimes aconteceram na madrugada deste sábado (5).

De acordo com informações da Polícia Civil, os bandidos chegaram ao município, foram em direção ao pelotão da Polícia Militar e atiraram, para evitar que fossem seguidos.

Depois, o grupo explodiu duas agências, que ficaram completamente destruídas. Ainda não há informações se eram foram danificadas simultaneamente ou se ocorreram duas ações. Em uma delas, parte do teto desabou. Ninguém ficou ferido.

Tiros disparados contra a viatura da PM

Antes de deixar a cidade, eles ainda invadiram uma joalheria e reviraram todo o estabelecimento, mas nada foi roubado.

Ainda segundo a polícia, equipes fizeram uma perícia nos locais na manhã deste sábado (5). Dois carros usados pelos bandidos foram encontrados queimados, na estrada que liga Itororó a Potiraguá.

Ninguém foi preso até o momento. (Correio)

Grave acidente na estrada de Itororó: Moradora de Itapetinga morre e duas pessoas ficam feridas

O corpo da idosa Zélia Farias Costa foi liberado no fim da tarde deste sábado, dia 16 de março, após exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML), em Itapetinga.

A idosa de 79 anos viajava no banco da frente de uma Hilux, que tinha como motorista a filha dela, Norma Celia Farias Costa, de 55 anos. Já no banco de trás viajava outro idoso, Nelson Pereira Costa, 81 anos, pai de Norma.

Segundo a polícia, por motivo ainda desconhecido, Norma perdeu o controle da direção do carro, que capotou. Dona Zélia não resistiu aos ferimentos e morreu no local da tragédia.

O acidente aconteceu no começo da tarde deste sábado na rodovia BA-263, entre os municípios de Itapetinga e Itororó, próximo ao trecho conhecido como ‘Três Lagoas’. O trânsito ficou lento (funcionando apenas um lado da pista), mas voltou a fluir normalmente depois da remoção do corpo e do carro.

Os demais ocupantes do veículo foram socorridos e levados para o hospital Cristo Redentor. Não há informações atualizadas do estado de saúde deles.

Natural de Almenara-MG, Dona Zélia morava no bairro Camacã, em Itapetinga, e estava retornando para casa com a família quando aconteceu o acidente.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local, no entanto, somente depois do resultado do trabalho dos peritos é que será possível saber o verdadeiro motivo do capotamento.

Open chat