IRepórter

Indígenas ocupam fazenda em Itapetinga

Um grupo invadiu a Fazenda Esmeralda, de 643 hectares, na zona rural de Itapetinga, na manhã desta segunda-feira (5). O imóvel pertence à família Vieira Lima. A informação foi confirmada ao Metro1 pelo ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima (MD). À reportagem, ele afirmou que os advogados estão “tomando as providências cabíveis”.

Segundo os ocupantes, eles são da Aldeia Alto da Abobreira, das Etnias Kamakãns e Imborés. O grupo disse que “a retomada foi feita de forma pacífica e ordeira”, por 50 famílias, entre elas homens, mulheres, crianças e idosos.

Essa não é a primeira vez que o imóvel é invadido. No Natal de 2017, a Fazenda Esmeralda foi ocupada por cerca de 30 índios da etnia Pataxó Hã Hã Hãe. A ocupação, encerrada após negociação com a Polícia Militar (PM), durou dois dias.

Em outra oportunidade, um grupo de índios também ocupou as terras por 14 dias, entre o final de setembro e início de outubro de 2017. Eles alegaram que a terra é de habitação tradicional indígena, o que já foi negado pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

Cãozinho que foi baleado e abandonado para morrer tem uma segunda chance na vida

Todos os animais querem na vida brinquedos, guloseimas e ter um ser humano para amar e ser amado em troca. No entanto, um cachorrinho foi baleado na região da cabeça e abandonado em um esgoto do Bairro Vila Érica. O caso aconteceu na cidade de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, na noite de quarta-feira (21).

A cena do cachorro agonizando em meio ao esgoto com duas perfurações de arma de fogo na cabeça revoltou os moradores da localidade. Eles, que preferem o anonimato, disseram que não têm informações da pessoa responsável pelo crime, mas acionaram a Ong SOS Animais de Rua para resgatar o animal. 

Procurada pelo IRepórter, a Ong informou que resgatou o cachorro, inclusive, ele foi atendido por um veterinário, passou por exames e está se recuperando. A incrível equipe lhe deu até um nome: Bruce.

Existiam duas perfurações de arma de fogo na cabeça do cachorrinho, porque a bala que o atingiu passou de um lado ao outro

Reportagem: Eudo Mendes

Recentemente, uma reportagem exclusiva, mostrou a situação a qual se encontra a Ong SOS Animais de Rua em Itapetinga, além dos crimes cometidos contra os animais na cidade (vídeo).