Nesta quinta-feira (30), o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Itapetinga, Weltmo Vieira, conversou com o site IRepórter a respeito do caso do idoso, 74 anos, diagnosticado com coronavírus e velado em ‘caixão aberto’.

O caso ganhou grande repercussão depois de uma reportagem produzida e publicada pelo Jornal Correio, na qual familiares do paciente afirmaram que tiveram permissão para abrir o caixão durante o velório. Eles disseram ainda que não receberam orientação da Secretaria de Saúde. Na mesma publicação, o secretário de saúde do município, Hugo Souza, desmente informação.

A Guarda Civil Municipal também foi citada na reportagem pelos parentes do idoso. O comandante da instituição disse que as pessoas da família do falecido que falaram com o jornal faltaram com a verdade, porque ele próprio orientou a família a respeitar os procedimentos.

Assista ao vídeo e confira:

Veja ou reveja a reportagem clicando AQUI:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui