IRepórter

Conquista: Criança de 11 anos é o segundo caso confirmado de varíola dos macacos

A Vigilância Epidemiológica (Viep) do município identificou, nessa quinta-feira (8), o segundo caso confirmado da Monkeypox (varíola dos macacos). Trata-se de uma criança do sexo feminino, de 11 anos, que há três meses reside, temporariamente, em Salvador para tratamento de saúde em unidade hospitalar.

O caso foi notificado e investigado laboratorialmente na capital baiana, no dia 1º de setembro, sem comunicação prévia com a Vigilância Epidemiológica de Vitória da Conquista para que o caso fosse monitorado junto a unidade hospitalar. A paciente teve resultado positivo no dia 7 de setembro e foi divulgado no boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

De acordo com a investigação da vigilância municipal, pela data de início de sintomas da criança, a infecção ocorreu no município de Salvador, onde ela se encontra nesse momento, com bom estado de saúde.

Nesta sexta-feira (9), a SMS notificou dois novos casos suspeitos para Monkeypox que aguardam investigação laboratorial. Até o momento, o município registra sete casos suspeitos notificados, sendo dois confirmados para a doença, três descartados e dois em investigação.

Notificação – Qualquer pessoa que apresente sintomas característicos da monkeypox – febre alta súbita, dor no corpo, adenomegalia (aumentos dos gânglios), fraqueza e dor nas costas, e com presença de erupções cutâneas – e que tenha viajado para área de circulação do vírus ou que teve contato com caso suspeito ou confirmado da doença, deve entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica municipal, pelo telefone 3429-7405, ou procurar a unidade hospitalar ou unidade de saúde mais próxima para avaliação médica.

Secom PMVC

Itapetinga| Chuva não impede público de acompanhar o 7 de Setembro; fotos e vídeos


Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat