IRepórter

Criança de quatro anos morre após ser atacada por cão da família

Parentes e amigos se despediram, neste domingo, 1º, da menina Esther Vianna da Silveira, de 4 anos, atacada pelo cachorro da família no quintal de casa, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio. O corpo da garota foi enterrado no Cemitério de Bongaba, no bairro Piabetá, em Magé.

Esther brincava no quintal de casa, com outras crianças, quando o cão, um rottweiler que, segundo a mãe, convivia diariamente com a menina havia dois anos, atacou a pequena. A criança teve lesões gravíssimas na cabeça e na face, com laceração de couro cabeludo e sinais de fraturas de crânio e perfurações múltiplas de tórax.

A menina foi socorrida e chegou ainda com vida à Unidade Pré-Hospitalar e Ambulatorial de Xerém, em Caxias, mas não resistiu aos ferimentos.

“A família toda sempre se deu bem com o cachorro. Foi uma surpresa para todo mundo. Até para a família”, disse ao G1 Larissa Silva Santos, amiga da família.

Outra amiga lembrou que Esther era uma garota feliz. “Era uma menina alegre, feliz. A lembrança que eu tenho dela é fazendo o cabelo, pedindo para fazer as mechinhas rosa. Ela se arrumando para ir para a festa junina e pedindo para fazer vídeo”, afirmou Priscila Almeida Silva. (metropoles)


Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat