IRepórter

Crônica Covid: Parte 17 – Falar das Flores é fazer Justa Homenagem

*Por Gessé Macedo

Foto: ilustrativa

A gota de água da esperada chuva molha o chão, faz geminar a semente e brotar vida nova. Torna-se polens e geram frutos; acontece, assim, a disseminação da bela natureza, de valor incalculável, ou seja, primavera de emoções.

O colorido das flores, além de encantar a todos, aponta a diversidade de possibilidades, pois, até o mandacaru fulora na seca do sertão, símbolo de resistência transformado em decoração, atual artigo de luxo e sofisticação, formosa pluméria brasileira.

Nessa seara, durante o tempo de isolamento, ter as companhias das plantas ajuda a minimizar os impactos das tensões, seja em grandes jardins ou em pequenos caqueiros sobre a janela da cozinha no apertamento, todas requerem atenção e cuidados.

As flores são carinhos divinos que nos acompanham por toda vida, dos casamentos aos sepultamentos. As pétalas no chão deixadas pelas damas de honra anunciam as passagens das noivas, estas, nas mãos, carregam os buquês da tradição para novos matrimônios.

Entre os românticos, o envio de rosas para pessoa amada significa uma nobre declaração de amor, ato singelo capaz de mexer com os sentimentos quase esquecidos, oasis nos momentos difíceis.

Nesse sentido, vale ressaltar a fidedignidade das flores, diante de justas homenagens acompanham os mortos dentro das urnas durante o velório, cortejo fúnebre e até depois de enterrados, quando renascem sobre as covas, porque as flores sempre encontram um novo lugar para embelezar. Seguem juntas em romaria no dia de finados e demonstram a importância de cultivar a memória dos entes inesquecíveis.

De sorte, nos jardins das vidas, a exuberância das bromélias refletem a tropicalidade brasileira, as begônias a abundância de alegrias, enquanto que a flor-de-lótus inspira a criatividade; logo, todas, assim como a “Orquídea Feiticeira”, encantam e perfumam a vida. Agradáveis aromas de leveza e lindeza.

Enfim, pra dizer que falei das flores, bem como de todo o Vale do Ipê.

Clique AQUI para mais notícias em vídeo, texto e fotos:

 


Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat