Homicídio de tatuador em Itapetinga pode ter sido passional

0

POR IREPORTER.BLOG

O corpo do tatuador Wanderson Oliveira Santos, de 24 anos, foi sepultado na tarde desta segunda-feira (16), no cemitério Parque da Eternidade, no Bairro Nova Itapetinga.

No começo da manhã, o corpo foi liberado do Instituto Médico Legal (IML), após o exame cadavérico. O velório aconteceu no cerimonial de uma funerária.

Segundo a polícia, “Loirinho Tatuador”, como era conhecido, foi atingido com vários tiros de pistola, quando passava pela Rua Medeiros Neto, no Bairro Hilda Gama.

Ainda de acordo com as informações policiais, o crime foi praticado por dois homens, que pararam a vítima e fizeram os disparos. A dupla estava a pé.

O homicídio aconteceu em um local deserto e escuro.
A vítima já estava morta na estrada de terra quando a Polícia Militar chegou ao local. Além de muito sangue, foi possível verificar cápsulas de pistola, espalhadas na cena do crime.

A Polícia Civil esteve no local, juntamente com o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

“Loirinho Tatuador” não contava com passagens na delegacia do município. Ele morava e trabalhava como tatuador próximo do local em que foi assassinado.

Por enquanto, a Polícia Civil prefere não compartilhar informações com a imprensa para não atrapalhar as investigações do caso. No entanto, diz trabalhar com a linha de crime causado pela paixão (passional). A polícia pede para quem tiver qualquer informação a respeito do crime denunciar pelos seguintes canais: WhatsApp da Polícia Civil ( 77) 9 8887-0197 ou ligar para 3262 1112.

Clique AQUI para mais informações de Itapetinga:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui