Por IRepórter/Eudo Mendes

Nesta sexta-feira (3),  faz exatamente 14 dias que o município de Itapetinga, no interior da Bahia, registrou o seu primeiro caso suspeito de coronavírus. Trata-se de uma mulher de 55 anos que teve contato com pessoas de outro estado.  Além desse caso, existem mais 11 casos suspeitos da doença e 30 sendo monitorados pela Secretaria de Saúde do município. 

Segundo a prefeitura, amostras da mucosa nasal e da saliva da maioria dos pacientes com suspeita da Covid-19 foram coletadas e enviadas ao  Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em Salvador. Porém, até a noite desta sexta-feira, o órgão estadual não havia divulgado nem o resultado do primeiro teste. 

Nesta sexta-feira (3), o vereador Diego Rodrigues participou via telefone de um programa político intitulado “Hora da Verdade”, na Rádio Jornal de Itapetinga. Na oportunidade, o edil informou que a prefeitura é responsável pela demora do resultado dos exames, porque os testes foram enviados ao laboratório somente na última quarta-feira (1º). 

“Não sei com qual  objetivo o prefeito Rodrigo Hagge, a Secretaria Municipal de Saúde, enviou esses exames somente agora,  dia 1ºde abril”, disse o vereador ( áudio no final do texto). 

O LACEN já divulgou o resultado da maioria dos testes para coronavírus em cidades da região de Itapetinga. 

A prefeitura local ainda não comentou as informações do vereador Diego Rodrigues. Ele também não apresentou provas do que disse publicamente na emissora de rádio. 

Nas últimas entrevistas,  o secretário municipal de saúde, Hugo Souza, e o prefeito Rodrigo Hagge, responsabilizaram o laboratório  pela demora no resultado dos exames para Covid-19. 

1 COMENTÁRIO

  1. Esse vereador é uma piada não ajuda em nada essa fala sem prova.
    é muito triste vê alguém quê poderia ajudá mas so faz tumultuar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui