IRepórter

Itapetinga| funcionário que invadiu Azaleia Calçados para matar o chefe presta depoimento à Polícia Civil

Foto: iRepórter

Acompanhado por uma advogada, o funcionário da Azaleia, que invadiu a fábrica de calçados para matar o chefe, se apresentou à Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (28).

O que disse o acusado

O homem disse que estava sendo perseguido na empresa, inclusive, pediu demissão. Na manhã do dia seguinte, armado com duas facas, ele invadiu o local para “pegar” o coordenador.

O que disse a empresa

Um representante da fábrica também prestou depoimento. Ele disse que o homem não encontrou o coordenador, mas, danificou a fiação de duas máquinas. Por isso, interrompeu a produção da empresa por 5 dias, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 350 mil.

E agora

A princípio, o jovem vai responder pelos crimes de dano ao patrimônio privado e ameaça. Ele foi liberado da delegacia após prestar depoimento.
O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou perícia nos equipamentos danificados. O laudo vai colaborar com o inquérito da Polícia Civil, que posteriormente será encaminhado ao Ministério Público (MP). Clique aqui para mais informações do caso.

Veja Também

É só clicar para ler as notícias abaixo: 

Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima em Itapetinga

Confronto armado| dois corpos seguem sem identificação no IML, em Itapetinga

Armado, funcionário da Azaleia invade fábrica para matar o chefe. “Ele sabia o que estava fazendo”, diz testemunha

+ Itapetinga| Mulher é assaltada quando voltava da igreja

+ Acidente com vítima na noite deste sábado em Itapetinga

+Vídeo| Reportagem mostra detalhes da operação “toca da raposa” em Itapetinga

+Itapetinga| Homem esquece chave dentro de carro e menino de 2 anos fica preso no veículo

+Novas informações do assalto com reféns no Centro de Itapetinga


Curta e Compartilhe.


Leia Também