Itapetinga: Polícia investiga seguranças por denúncia de agressão durante evento político

0

POR IREPORTER.BLOG

Um inquérito policial será instaurado pela Polícia Civil para apurar o caso de um adolescente de 17 anos, que teria sofrido agressões físicas e verbais por parte de dois seguranças, no distrito de Palmares, pertencente ao município de Itapetinga.  

O caso aconteceu no dia 1º de novembro, porém, o Boletim de Ocorrência (B.O) foi registrado apenas 5 dias depois, não sendo possível realizar o exame de corpo delito.  

Os dois homens acusados são guardas civis municipais de Itapetinga. De folga, a dupla de agentes foi contratada para fazer a segurança privada de um candidato a prefeito no município.

A mãe do adolescente afirma que um dos seguranças colocou uma arma de fogo no rosto do seu filho, porque o menino proferiu a palavra “guardinha”.  Logo depois, um outro segurança deu um tapa no rosto do adolescente.  O padastro do menor viu toda a cena, registrada (parcialmente) em vídeo.

Durante contato com a imprensa, a mãe do adolescente fez denúncias gravíssimas contra o trabalho da Guarda Civil Municipal no distrito, porém, não apresentou nenhuma prova, fora o caso do adolescente.

Nesta semana, a polícia pretende colher o depoimento das partes envolvidas no caso e, após conclusão da investigação, enviar o processo ao Poder Judiciário.

Clique AQUI para mais notícias de Itapetinga e região:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui