IRepórter

Mais Notícias

Em Itarantim, ação conjunta prende acusados de tráfico de drogas

Duas pessoas foram detidas e drogas apreendidas durante uma ação conjunta, evolvendo a Polícia Nilitar e a Guarda Civil Municipal (GCM), na cidade de Itarantim.

A ocorrência aconteceu na última sexta-feira (8) depois que uma equipe da GCM abordou dois suspeitos durante ronda de rotina.

As informações do Boletim de Ocorrência (B.O) dão que uma equipe da Polícia Militar foi acionada por que um dos abordados confessou que tinha drogas em casa.

Ainda segundo a polícia, os militares juntamente com os guardas municipais deslocaram-se até o bairro Bob Kennedy, onde apreenderam grande quantidade de drogas. As drogas estavam embaladas em um saco plástico e enterradas no quintal da casa de Cleverton de Souza Carvalho.

A dupla e o material apreendido foram apresentados no complexo policial. kleverton foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

O outro rapaz foi liberado após prestar depoimento a Polícia Civil.

Itapetinga: Motorista com sinais de embriaguez bate em motocicleta

Um homem foi detido e levado ao Complexo Policial de Itapetinga, após um acidente de trânsito, na tarde deste sábado (11), na Avenida Gerson de Oliveira, no Bairro Nova Itapetinga.

Segundo a Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comutran), João Batista da Silva Filho conduziu um veículo Gol, por volta das 17 horas, quando bateu em uma motocicleta Yamaha Factor, pilotada por Geovânia Oliveira de Almeida. 

Segundo testemunhas, a mulher sofreu ferimentos em uma das pernas, sendo socorrida e levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O motorista prestou socorro à vítima e ficou no local até a chegada da Polícia Militar e Comutran.

Na delegacia, João Batista informou que não possui a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e havia consumido bebida alcoólica minutos antes do acidente. 

Ele passou por teste de alcoolemia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Autuado em flagrante por embriaguez ao volante, o motorista  foi colocado em liberdade, na noite do mesmo dia, após pagamento de fiança.

Não há informações do estado de saúde da vítima.

Instagram do IRepórter, clique aqui:

Firmino Alves: Corpo de morador é encontrado boiando em rio

O corpo de um homem foi encontrado boiando em um rio que corta a cidade de Firmino Alves na noite desta sexta-feira (8). Ele foi identificado pela polícia como Edmilton Brito França, tinha 49 anos, morava na cidade, mas era natural de Buerarema-BA.

De acordo com testemunhas, não havia sinais de violência no corpo da vítima.

A princípio, o caso foi registrado pela polícia como afogamento. Porém, uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local e removeu o cadáver para o Instituto Médico Legal (IML), em Itapetinga.

O cadáver será submetido a exame de necropsia para depois ser liberado para os familiares.

Em Itapetinga, duas pessoas ficam feridas durante acidente

Duas pessoas ficaram feridas durante um acidente envolvendo um carro de passeio e uma motocicleta, no começo da tarde desta sexta-feira (8), em Itapetinga.

A ocorrência de trânsito aconteceu por volta das 13 horas, na Rotatória dos Pioneiros, no Bairro Camacã, quando a motocicleta Honda Pop foi atingida por um Fiat Siena.

Segundo testemunhas, a moto era pilotada por Sonia Freitas Santos e tinha como passageiro Jorneto José Alves. Eles foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Bairro Nova Itapetinga. Aparentemente, os ferimentos foram leves.

Ainda segundo as informações, no momento do acidente o carro era conduzido por Antonio Balbino Santos. Apesar do susto e danos materiais no veículo, ele não se feriu.

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comutran) estiveram no local para controlar o fluxo de veículo e registrar a ocorrência do caso.

Lula deixa prisão, agradece a militantes e critica Lava Jato

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a prisão em Curitiba após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (8).

Ele – que estava preso desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal (PF) – saiu do local por volta das 17h40 e fez um discurso no qual agradeceu a militantes que ficaram em vigília por 580 dias, dizendo que eles eram “o alimento da democracia que eu precisava para resistir à canalhice que lado podre do Estado brasileiro, da Justiça, do Ministério Público, da Polícia Federal e da Receita Federal”.

Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias. Agora, o juiz Danilo Pereira Jr. autorizou que Lula recorra em liberdade.

Em seu discurso ao deixar a prisão, Lula:

Ex-presidente ficou preso um ano e 7 meses e saiu da prisão, em Curitiba, nesta sexta-feira (8) — Foto: Giuliano Gomes/PR Press
Lula deixou a prisão no fim da tarde desta sexta-feira (8), em Curitiba  — Foto: Giuliano Gomes/PR Press

agradeceu a seus apoiadores que durante 580 dias ficaram perto da sede da PF em Curitiba;
disse que “lado podre do estado brasileiro, da Justiça, do MP, da PF e da Receita trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, o PT e o Lula”;
criticou o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato no Paraná, e o ex-juiz da operação, Sérgio Moro, atual ministro da Justiça;
afirmou ter “vontade de provar que este país pode ser muito melhor na hora em que tiver um governo que não minta tanto quanto o [presidente Jair] Bolsonaro pelo Twitter”;
apresentou a namorada, a quem se referiu como “companheira”, dizendo: “Vocês sabem que eu consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada, ficar apaixonado e ainda ela aceitar casar comigo – é muita coragem dela”;
antecipou que viajaria a São Paulo e que “depois as portas do Brasil estarão abertas para que eu possa percorrer este país”.

Nesta quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016.

A maioria dos ministros entendeu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência.

Período de Lula na prisão

Lula deixou a carceragem da PF nesta sexta-feira (8), após decisão do STF de derrubar prisão em segunda instância — Foto: Giuliano Gomes/PR Press


Lula ficou preso em uma sala especial – garantia prevista em lei – de 15 metros quadrados que fica no 4º andar do prédio da PF em Curitiba. O local tem cama, mesa e banheiro de uso pessoal. A Justiça autorizou que o ex-presidente tivesse uma esteira ergométrica na sala.

O ex-presidente tinha os requisitos necessários para progredir para o regime semiaberto. A progressão é permitida a quem já cumpriu 1/6 da pena – no caso de Lula, a marca foi atingida em 29 de setembro deste ano e, segundo o Ministério Público, também leva em conta outros aspectos, como bom comportamento.

A defesa de Lula, porém, disse ser contra o ex-presidente passar para o regime semiaberto, porque espera a absolvição.

No semiaberto, o condenado tem direito a deixar a prisão durante o dia para trabalhar. A progressão, no entanto, ainda não tinha sido analisada pela juíza.

Durante o período na prisão, Lula deixou a sede da PF em duas ocasiões: para ir ao interrogatório no caso do sítio de Atibaia, que ocorreu em novembro de 2018, e ao velório do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, em São Bernardo do Campo (SP), em março deste ano.

Em janeiro, Lula não havia tido a mesma autorização da Justiça para ir ao funeral do irmão Genival Inácio da Silva, de 79 anos, conhecido como Vavá.

Condenações e processos
Na primeira instância, em decisão do então juiz Sérgio Moro, a pena imposta a Lula era de 9 anos e 6 meses, por corrupção e lavagem de dinheiro.

O juiz entendeu que o ex-presidente recebeu o triplex do Guarujá como propina da construtora OAS para favorecer a empresa em contratos com a Petrobras. O ex-presidente afirma ser inocente.

Depois, na segunda instância, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) elevou a pena para 12 anos e 1 mês.

Em abril deste ano, o tempo foi reduzido a 8 anos, 10 meses e 20 dias no Superior Tribunal de Justiça (STJ), considerado a terceira instância.

Também na Lava Jato, em fevereiro deste ano o ex-presidente também foi condenado em primeira instância pela juíza substituta Gabriela Hardt por corrupção e lavagem de dinheiro por ter recebido propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP).

Nesse processo, a pena é de 12 anos e 11 meses. A defesa recorreu, e a ação ainda não foi julgada pelo TRF4.

Lula nega as acusações.

O ex-presidente responde a mais seis processos. Ele foi o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum. (G1)

Ex-presidente recebeu abraços ao deixar a sede da Polícia Federal, em Curitiba, nesta sexta-feira (8) — Foto: Giuliano Gomes/PR Press

Conquista: Jovem que trabalhava como motorista de aplicativo e sumiu ao sair para fazer corrida é achado morto

O jovem de 24 anos que trabalhava como motorista por aplicativo na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, e desapareceu após sair para fazer uma corrida, foi encontrado morto no início da tarde desta sexta-feira (8).

Hiago Evangelista Freitas era estudante de odontologia. Ele desapareceu na noite de quarta-feira (6), após deixar a namorada em casa para fazer corridas no município. O corpo dele foi encontrado carbonizado, na estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, que fica a cerca de 35 minutos de Vitória da Conquista.

De acordo com informações da delegacia da cidade, o carro de Hiago tinha um adesivo da empresa de aplicativo que ele trabalhava. Esse adesivo retirado do veículo e colado no corpo dele, fixado com uma pedra em cima.

O corpo de Hiago foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista, e reconhecido por familiares da vítima ainda nesta tarde. Não há informações sobre sepultamento do jovem.

O carro de Hiago foi encontrado no bairro Alto Maron, também em Vitória da Conquista. Equipes da delegacia da cidade estão na rua procurando suspeitos do caso e investigam o que motivou o crime. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

A faculdade que Hiago estudava decretou luto oficial de três dias, sem suspensão das atividades. Em uma publicação nas redes sociais, a instituição escreveu que “toda a comunidade acadêmica se solidariza com a família neste momento de dor”. (g1)

Conquita: Homem é preso acusado de estuprar enteada por dois anos

Um homem foi preso suspeito de estuprar a enteada dele, dentro da casa da família, em Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia. Conforme Rosilene Correa, delegada responsável pelo caso, o crime era cometido há dois anos e só foi descoberto depois que a criança contou para colegas de escola.

Ainda de acordo com o delegada, a menina tem 9 anos atualmente, mas o crime ocorria desde os sete anos. Noelio de Oliveira, conhecido como “Piu”, preso na quarta-feira (6), aproveitava a saída da mãe da vítima para cometer o crime.

A polícia não informou desde quando o caso vinha sendo acompanhado. Apesar disso, disse o caso foi descoberto depois da vítima contar crime na escola.

“A criança contou tudo na escola. Ela contou às coleguinhas, que contaram à professora. Então, eles começaram a observar tudo. O comportamento dela. Em seguida, chamaram a mãe e contaram sobre o que a criança relatou”, disse a delegada.

O homem foi preso e levado para o Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista. O caso é acompanhado pela Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA). (G1)

Defesa de Lula vai pedir sua soltura após decisão do STF

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmaram que vão pedir a sua imediata soltura com base no resultado do julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal) na noite desta quinta-feira (7).

“Após conversa com Lula nesta sexta-feira levaremos ao juízo da execução um pedido para que haja sua imediata soltura com base no resultado desse julgamento do STF”, diz o comunicado assinado pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska T. Martins.

Na nota eles afirmam ainda que “Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei e com a Constituição da República” e que o ex-presidente “não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política”. (r7)

Conquista: MP pede providências a prefeito devido a mau atendimento em posto de saúde

Após reclamações quanto ao atendimento em uma Unidade Básica de Saúde de Vitória da Conquista, a Promotoria de Justiça local recomendou á prefeitura que adote medidas para sanar os problemas. A recomendação, publicada nesta quinta-feira (7), foi direcionada ao prefeito Herzem Gusmão.

O documento também foi enviado à secretária de Saúde e à coordenação da Unidade de Saúde Vila América, onde os problemas teriam ocorrido. Segundo a promotoria, a situação foi relatada por uma moradora que esteve na unidade no dia 9 de setembro. Conforme reclamação, os funcionários da recepção do posto seriam “hostis e desrespeitosos“.

Há ainda queixa quando à espera para ser atendido [necessidade de chegar até 5 horas antes e pela madrugada para pegar fichas], favorecimento de parentes e conhecidos dos funcionários na fila, além de tratamento “rude” e “grosseiro”. A Promotoria pediu resposta dos gestores em até 15 dias. (BN)

Open chat