IRepórter

Mais Notícias

Para matar a curiosidade: Aplicativo permite ler mensagens apagadas do Whatsapp

Se você fica curioso em saber o que a pessoa disse quando ela apaga uma mensagem no Whatsapp, este é seu momento. Um aplicativo chamado WAMR consegue recuperar as mensagens de texto, áudio, fotos e vídeos que são enviados, mas que foram posteriormente deletados pelo autor.

O app é gratuito, mas está disponível apenas para Android. De acordo com a Revista Exame, o WAMR faz o download da mensagem assim que ela é enviada e fica disponível em um backup. Logo, ele pode ser visto na plataforma mesmo que a mensagem seja apagada.

Para que o programa funcione, o usuário precisa estar online e permitir que as mensagens gerem notificação na barra superior da tela. Com isso, mensagens em chats abertos ou em grupos silenciados, situações que não notificam na barra superior, não serão recuperadas caso sejam apagadas.

Se você fica curioso em saber o que a pessoa disse quando ela apaga uma mensagem no Whatsapp, este é seu momento. Um aplicativo chamado WAMR consegue recuperar as mensagens de texto, áudio, fotos e vídeos que são enviados, mas que foram posteriormente deletados pelo autor.

O app é gratuito, mas está disponível apenas para Android. De acordo com a Revista Exame, o WAMR faz o download da mensagem assim que ela é enviada e fica disponível em um backup. Logo, ele pode ser visto na plataforma mesmo que a mensagem seja apagada.

Para que o programa funcione, o usuário precisa estar online e permitir que as mensagens gerem notificação na barra superior da tela. Com isso, mensagens em chats abertos ou em grupos silenciados, situações que não notificam na barra superior, não serão recuperadas caso sejam apagadas.

Joice Hasselmann deixa cargo: “Estou feliz da vida”

Retirada nesta quinta-feira (17) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) da liderança do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), revelou que ficou sabendo pela imprensa do movimento que culminou na sua saída do posto. “Ninguém teve a dignidade de vir falar comigo e me avisar”, afirmou, à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

“Eu ganho uma carta de alforria. Graças a Deus!”, disse. “Estou feliz da vida”, acrescentou.

Agora, a parlamentar indicou que vai cuidar de sua candidatura à prefeitura de São Paulo. “Eu agradeço ao tempo que passei [na liderança do governo no Congresso]. Líderes de vários partidos não param de me ligar dizendo que desde 2002 não veem uma liderança tão atuante.”

Em tom de ressentimento, ela falou da lealdade que teve com o governo e que precisou “engolir sapo” no posto. “Passei esse tempo todo servindo ao governo de forma leal. Inclusive deixando de cuidar do meu mandato para gerir crises e apagar incêndios. Abri mão da minha família”, contou. “Em alguns momentos, tive que engolir sapo para defender coisas com que eu não concordo”, relatou.

A saída de Joice da liderança compõe uma crise vivida pelo PSL, eclodida com a queda de braço entre alas do partido pró-Bolsonaro e pró-Luciano Bivar.

Nesta quinta, ao que tudo indica, Bolsonaro sofreu uma das derrotas nesta guerra fria: o plano de articulação para alçar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), como líder da sigla na Câmara fracassou. Mantido no posto, Delegado Waldir (GO) atacou o chefe de Estado e declarou que queria “implodir” o presidente da República (leia mais aqui).

Na chefia do Congresso, por sua vez, com a saída de Joice, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO) assume o posto.

Incêndio no aterro sanitário da prefeitura de Itapetinga

Um incêndio de grandes proporções foi registrado, nesta quarta-feira (16), por volta das 20h40, no aterro sanitário da prefeitura de Itapetinga.

Uma equipe da Brigada de Incêndio da Azaleia Calçados deslocou-se para o local juntamente com o carro-pipa da prefeitura. Dez pessoas trabalharam no combate às chamas, sendo 8 brigadistas da Azaleia, mais 2 funcionários da própria prefeitura. Eles trabalham bastante até controlar o incêndio, que ameaçava atingir o aterro de resíduos industriais perigosos da Azaleia. Em seguida, fizeram o trabalho de rescaldo e resfriamento do local.

Na manhã desta quinta-feira (17), a equipe da Brigada de Incêndio retornou ao local e constatou que não existia mais fogo de incêndio no aterro sanitário.

Não há informações sobre as causas do incêndio, mas ocorrências desta natureza têm sido frequente na localidade.

Polícia Civil de Itabuna prende itapetingeunse com 37kg de droga

Na tarde desta quinta-feira (17) a Polícia Civil de Itabuna prendeu em flagrante um homem com grande quantidade de droga dentro de apartamento. O fato aconteceu na rua Elizeu Pires Pedra, bairro Castália, área nobre da cidade.  Vitor Almeida da Silva, de 36 anos, além de ter sido flagrado com 37kg de droga, estava sobre a posse de um carro roubado.

A operação da Polícia Civil, que teve a frente o Coordenador da 6° COORPIN, André Aragão, teve início após várias denúncias sobre um carro roubado no local, bem como uma movimentação estranha. O fluxo de pessoas era diário. O fato chamou a atenção das pessoas, e a polícia logo foi averiguar, constatando de imediato o veículo com restrição de furto e roubo em frente ao apartamento de Vitor.

Ao realizar a abordagem com o suspeito, ele alegou que o carro fosse dele e permitiu a entrada da Polícia na sua residência. Os agentes logo encontraram uma mala em um dos quartos e se surpreenderam com o que encontraram dentro: 37 quilos de droga. Dentre as substâncias havia 27 quilos de maconha, 8  quilos e 200 gramas de cocaína, e mais 670 gramas de crack. Além disso, placas de veículo, balanças de precisão e uma quantia em dinheiro também foram encontrados. O material foi apreendido e apresentado na delegacia.

Veículo Recuperado

O veículo roubado encontrado com Vitor trata-se de um Ford Ka Sedan, de cor prata. O carro havia sido roubado no dia 1° de outubro deste ano na BR 101, próximo a Ibirapitanga.

Histórico

Vitor Almeida da Silva é natural de Itapetinga e estava morando nesse apartamento no Bairro Castália em Itabuna há pouco tempo com a esposa e os filhos. O criminoso confirmou já ter duas passagens pela polícia, na cidade de Jequié. Ambas, também, por tráfico de drogas.

Agora, Vitor será investigado e deverá prestar esclarecimentos de onde compra essa droga e qual seria o destino delas. De acordo com o Delegado André Aragão, ele pode ter comprado de traficantes de Itabuna e Ilhéus: “Isso vai ser investigado, precisamos checar outras provas que foram colhidas como agendas e aparelhos de celular, ver a quem ele é associado… Me parece que não pertence a nenhuma facção criminosa local.” Vitor ficará a disposição da justiça. (Verdinho)

Morre João Miguel, filho de suspeito de desviar R$ 1 milhão de tratamento

Morreu na manhã desta quinta-feira (17), em Belo Horizonte, o menino João Miguel, de 1 ano e dez meses e que lutava contra uma doença conhecida como AME (Amiotrofia Muscular Espinhal).

O caso da criança ficou conhecido depois que os pais organizaram uma vaquinha para arrecadar dinheiro para custear o tratamento do garoto. Por causa da doença degenerativa, que causa perda dos neurônios motores, João Miguel precisava tomar uma medicação cuja caixa custava R$ 375 mil.

Moradores da cidade de Conselheiro Lafaiete, a 100 km de Belo Horizonte, e até mesmo a Polícia Civil se mobilizaram para arrecadar dinheiro e promover campanhas para custear o tratamento do menino.

No entanto, o pai do garoto, Matheus Henrique Leroy Alves, de 37 anos, sacou cerca de R$ 1 milhão do dinheiro arrecadado e fugiu para a Bahia. Ele foi preso após ser encontrado pela Polícia Civil em um apart-hotel em Salvador cerca de três meses depois.

Alves foi indiciado pelos crimes de estelionato, apropriação e desvio de valores de pessoa portadora de deficiência, abandono material e falsa comunicação de crime. (R7)

Conquista: Adolescente é baleada no Bairro Vila Elisa (vídeo)

Uma adolescente de 15 anos foi baleada no fim da tarde desta quarta-feira (16), no bairro Vila Elisa, em Vitória da Conquista.

A Polícia Militar chegou realizou buscas, porém, os atiradores não foram localizados.

A adolescente foi baleada no tórax e encaminhada ao Hospital de Base, onde passou por cirurgia.

Vídeo enviado por internauta do iReporter via Whatsapp 77 98822 7743

Salário de até R$ 8.321: Exército Brasileiro abre vagas para contração temporária na Bahia

O Exército Brasileiro, por intermédio da 6º Região Militar vai abrir com inscrições abertas para novo concurso público. Podem participar profissionais de níveis médio e superior. Os interessados devem realizar as inscrições entre os dias 21 de outubro e 5 de novembro, no site da 6º Região Militar.
O processo seletivo é destinado à formação de cadastro de reserva para o ano de 2020, em cidades dos estados da Bahia e Sergipe. A seleção inclui uma prova de títulos (classificatória/eliminatória) para avaliação curricular, aplicável às necessidades requeridas por cada atividade no âmbito das Organizações Militares Diretamente Subordinadas e Vinculadas a este Grande Comando. Em caso de vagas supervenientes, o candidato será submetido a inspeção de saúde (eliminatória) e exame de aptidão física (eliminatória).
Os aprovados serão contratados por prazo determinado e convocados para iniciarem a primeira etapa do Estágio de Serviço Técnico (EST), que é a formação básica com duração de 45 dias; e, em seguida, assumirão suas funções específicas, em estágio probatório, por mais 320 dias.
A remuneração bruta inicial será de R$ 4.437,00 (para Sargento Técnico) e R$ 8.321,67 (para Nível Superior na graduação de Aspirante a Oficial).

VEJA MAISGoverno da Bahia anuncia concurso para PM e Corpo de Bombeiro com 2,5 mil vagasCompanhia de alimentos abre vagas para trainee; salário de R$ 6,5 milAeroporto de Salvador abre mais de 70 vagas para bombeiros e agentes de comunicaçãoRede de postos Ipiranga abre vagas para trainee com salário de R$ 7 mil

Pré-requisitos para participar
Nível Superior: Licenciatura em História, Licenciatura em Português, Licenciatura em Sociologia e Bacharelado em Serviço Social.
Nível Médio: Técnico em Contabilidade, Técnico em Robótica/Mecatrônica, Técnico em Laboratório de Química, Técnico em Biblioteconomia, Técnico em Eletrotécnica – Eletricidade Predial e Técnico em Radiologia.
Os candidatos devem estar em dia com as obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral; possuir bons antecedentes e idoneidade moral; ter no mínimo 1,60m de altura (sexo masculino), 1,55m (sexo feminino); possuir, no máximo, cinco anos de serviço público anterior; e estar de acordo com as orientações específicas do aviso de seleção. Além desses critérios, vale ressaltar outros pré-requisitos:
Oficial Técnico Temporário (OTT): Ser candidato voluntário do sexo masculino ou feminino, formado em Instituição de Ensino Superior / ser brasileiro nato.

Sargento Técnico Temporário (STT): Ser candidato voluntário do sexo masculino ou feminino, tendo concluído o Ensino Médio e curso técnico que o habilite a exercer o cargo para o qual se candidatou / Não ter sido oficial das Forças Armadas ou Auxiliares / possuir, no mínimo 19 (dezenove) anos / ser brasileiro nato ou naturalizado. (Ibahia)

Arthur Caíke celebra gol do triunfo do Bahia: ‘Pude ser frio’

No finalzinho do jogo, Arthur Caíke foi o responsável por bater e converter o pênalti que deu o triunfo do Bahia na noite desta quarta-feira (16), contra o Grêmio, pelo Brasileirão. Ao fim da partida, o camisa 77 comemorou.

“Parabenizar toda a equipe pelo resultado de hoje, O Grêmio veio completo, a gente sabia da dificuldade. Tivemos chances e não concluímos. Graças a Deus pude entrar e ser frio na hora do pênalti”, declarou.

A façanha do Bahia levou a equipe aos 41 pontos, na sétima posição. Na próxima segunda-feira (21), o desafio será contra o Ceará, no estádio de Pituaçu. (bn)

Itarantim: Ex-pastor Edimar volta a ser preso, agora por estupro, mas diz que é inocente

O ex-pastor evangélico, identificado como Edimar da Silva Brito, de 40 anos, que ficou conhecido nacionalmente depois de ser preso, acusado de assassinar uma pastora e a sobrinha dela, foi preso novamente. Desta vez, ele é acusado de estuprar a própria enteada, uma moça de 21 anos.

O crime?

O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (16) na própria residência onde morava o acusado, a companheira dele e a vítima. A mulher não estava em casa no momento do ocorrido porque estava viajando.

O que diz a denunciante?

A vítima informou que estava no quarto da casa dormindo com o seu namorado depois de consumir bebida alcoólica. Ela estava muito cansada e após um banho resolveu deitar um pouco. Minutos depois, notou que tinha alguém lhe acariciando, tentando manter relações sexuais. Por alguns instantes, chegou a pensar que fosse o namorado. Depois, percebeu que estava sendo abusada sexualmente pelo próprio padrasto. Seu namorado acordou em seguida e o acusado deixou o quarto e fugiu.

Prisão

A prisão de Edimar foi realizada por agentes da Polícia Civil com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) no Bairro Anedilha Carvalho. Ele foi encontrado pelos policiais na casa da ex-mulher e não reagiu a abordagem.

O que diz o acusado?

Edimar disse que jamais seria capaz de cometer um crime desta natureza. Informou ainda que deixou a residência logo depois que o casal foi deitar.

Flagrante

Depois de colher o depoimento do casal, a Polícia Civil não teve dúvidas do ocorrido e autuou Edimar por estupro de vulnerável. Ele segue preso na delegacia do município, a disposição da Justiça Criminal.

Ex- pastor
Em 19 de janeiro de 2016, Edimar ficou conhecido nacionalmente após ser acusado de mandar matar a pastora Marcilene Oliveira Sampaio e sua sobrinha Ana Cristina Sampaio.

Elas foram assassinadas a pedradas em uma estrada na região de Barra do Choça, próximo de Vitória da Conquista. Os dois homens que executaram o crime também foram presos e confessaram à polícia que Edimar foi o mandante. ( Reportagem/ Blog IRepórter )

Peixe cabeça-de-cobra, que respira fora d’água: ‘Se encontrar algum, mate e congele’

“Se você acredita que capturou um peixe cabeça-de-cobra, não o libere. Mate-o imediatamente e congele-o”.

As instruções são do Departamento de Recursos Naturais da Geórgia, que se somou na semana passada à lista de 15 Estados americanos em alerta por causa da existência, no meio selvagem, de um predador voraz.

O peixe cabeça-de-cobra (Channa argus) recebe esse nome por causa de sua cabeça achatada.

As autoridades querem estudar os exemplares encontrados no país e mapear sua disseminação para tentar controlar sua reprodução.

Mas são outras características que fizeram desse peixe um animal temido, desde o momento em que foi detectado pela primeira vez nos Estados Unidos, no início dos anos 2000.

O peixe é originário da China, Rússia e da península da Coreia, e pode chegar a medir mais de 80 centímetros.

Ele tem um grande apetite – se alimenta de outros peixes, rãs e pequenos lagartos.

E, principalmente, o cabeça-de-cobra possui a notável capacidade de sobreviver fora da água durante alguns dias – se arrastando e com pequenos saltos, pode percorrer pequenas distâncias. É capaz, por exemplo, de chegar até algum outro curso de água, para buscar mais alimentos.

Uma vez que o peixe aparece em um habitat, é difícil combatê-lo, por causa de sua alta taxa reprodutiva.

‘Pode sobreviver fora da água’

As autoridades da Geórgia lançaram em 8 de outubro um alerta ao público assim que um pescador capturou o primeiro exemplar desse peixe no Estado.

Em suas instruções, o Departamento de Recursos Naturais adiciona: “Lembre-se que este peixe pode sobreviver fora da água. Se for possível, faça fotos do exemplar e tome nota do local em que foi capturado (curso d’água, marcos terrestres, GPS)”.

O comunicado oficial da Geórgia também recomenda que sejam tiradas fotos dos peixes, “inclusive imagens de detalhe da boca, barbatana e cauda”, para que possam verificar se é mesmo o peixe, e, de modo algum devem soltá-lo de volta à água ou – nesse caso bem específico – nem mesmo na terra.

As autoridades locais explicam que os hábitos alimentares desses predadores – por comerem desde plâncton a outros peixes – pode afetar severamente a oferta de alimento para outras espécies.

Os cabeças-de-cobra podem, além disso, sobreviver em água com baixas taxas de oxigênio, o que lhes dá uma vantagem competitiva em relação a outras espécies, como trutas e robalos, que precisam de mais oxigênio.

Todas as espécies de cabeça-de-cobra podem respirar oxigênio atmosférico, segundo as autoridades americanas. Alguns respiram tanto o ar atmosférico como o oxigênio que há na água, e outras devem necessariamente respirar o ar atmosférico para evitar se sufocarem.

Ao contrário da maioria dos peixes, o cabeça-de cobra pode sobreviver fora da água por possuir pequenas bolsas acima das brânquias que funcionam quase como pulmões. Ele pode afundar e aspirar ar para dentro dessas bolsas e, em seguida, extrair oxigênio do ar armazenado.

Liberados intencionalmente

Acredita-se que os cabeças-de-cobra foram introduzidos intencionalmente na Geórgia por pessoas que os compraram como peixes ornamentais, ou em tanques da indústria pesqueira alimentícia, segundo as autoridades locais.

Peixes dessa espécie foram encontrados, além de na Geórgia, em outros Estados, como Flórida, Nova York, Virgínia, Califórnia, Massachusetts e Maryland.

O primeiro cabeça-de-cobra encontrado, em Maryland em 2002, foi particularmente preocupante, segundo as autoridades estaduais, porque foram encontrados exemplares jovens, o que indica que ela está se reproduzindo com êxito no meio ambiente. (g1)

Open chat