IRepórter

Região: Ministério Público do Trabalho investiga choque elétrico que deixou trabalhador morto

Foto: reprodução/redes sociais

O Ministério Público do Trabalho na Bahia abriu inquérito para apurar as responsabilidades trabalhistas pelo acidente que deixou um trabalhador morto na cidade de Itambé, no sudoeste baiano, após tomar choque elétrico e ficar pendurado no poste.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima identificada como William Pereira de Souza, era técnico e fazia manutenção em cabos de transmissão para internet quando recebeu a descarga elétrica no domingo, 14 de novembro.

Diante dos fatos, o MPT abriu um inquérito civil para reunir informações que identifiquem eventuais falhas no cumprimento de normas de saúde e segurança do trabalho que tenham levado ao acidente e eventuais responsabilidades do empregador da vítima. A partir das informações que serão colhidas pelos órgãos de fiscalização, o MPT poderá buscar a reparação dos danos em ajuste de conduta ou uma ação judicial, além de investigar eventuais falhas no cumprimento de normas de saúde e segurança do trabalho.

Foto: reprodução/redes sociais

O caso foi distribuído na unidade do MPT de Vitória da Conquista e analisado pelo procurador designado para presidir o inquérito. Nos próximos dias, deverão ser encaminhados ofícios aos órgãos de fiscalização, como Departamento de Polícia Técnica, Corpo de Bombeiros e principalmente Superintendência Regional do Trabalho da Bahia (SRT-BA).

São os auditores-fiscais do trabalho da SRT-BA que deverão concluir a peça principal do inquérito, que é o laudo apontando as falhas nas normas de segurança que levaram à tragédia. A partir dos dados recolhidos, oMinistério Público do Trabalho vai buscar a reparação dos danos em um ajuste de conduta ou uma ação judicial.

As informações são do Ministério Público do Trabalho. (justicanointerior)

Clique AQUI para mais notícias em vídeo, texto e fotos:


Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat