IRepórter

Blitz em Itapetinga| Motorista de ambulância é flagrado dirigindo e falando ao celular

Por iRepórter

Foto: ireporter.blog
Mesmo com todas as dificuldades que um órgão de trânsito possa enfrentar numa cidade do interior, agentes da Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comutran), têm fiscalizado o trânsito na cidade de Itapetinga, na medida do possível, e responsabilizado condutores infratores. Na tarde da última quinta-feira (26) a Comutran fiscalizou dezenas de carros e motos durante blitz realizada na rua Júlio Coelho, no Centro da cidade. Alguns veículos foram retidos e liberados posteriormente; outros apreendidos e encaminhados para o pátio do órgão.>>>>

Foto: ireporter.blog
Foto: ireporter.blog
O objetivo da Comutran é tentar oferecer um pouco mais de segurança para os condutores, tendo em vista o grande número de acidentes na cidade, envolvendo pessoas inabilitadas e até pessoas alcoolizadas, que normalmente deixam o local para não serem responsabilizadas. O trabalho também visa fiscalizar os mototaxistas, porque existem motoqueiros usando coletes falsos e transportando passageiros pela cidade. Além de outras infrações, por exemplo, pilotar de chinelo, sem capacete, sem retrovisor etc.
Foto: ireporter.blog
Foto: ireporter.blog
Nem sempre o trabalho dos agentes é bem visto, principalmente por aqueles que estão ás margens do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). É comum, durante a fiscalização, questionamentos do tipo: “você sabe quem eu sou? Você sabe quem é meu pai? Sou amigo de ‘fulano de tal’! Vocês [ agentes] não têm o que fazer?”
Foto: ireporter.blog
Um motorista da secretária de saúde do município de Maiquinique foi flagrado falando ao celular enquanto dirigia uma ambulância com paciente.
Foto: ireporter.blog
A equipe de agentes de trânsito analisou o caso, notou-se que a paciente estava voltando para casa após internação no hospital Cristo Redentor, e usou o bom senso. O motorista foi liberado sem receber a multa R$ 293,47, além dos 7 pontos na CNH.
Foto: ireporter.blog
Dados divulgados no mês passado pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) mostram que o uso de celular enquanto se dirige é responsável, em média, por 57% dos acidentes de trânsito na faixa etária de 20 aos 39 anos. “A conversa pelo celular mantém uma atividade cerebral que traz uma desatenção ao trânsito. Mesmo depois da chamada o motorista fica três segundos sem atenção total ao trânsito”, disse Antônio Meira, presidente da Abramet,

Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat