Funcionários da Tabocas de Macarani são impedidos de desembarcar em Itapetinga

1

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e Vigilância Sanitária interceptaram um ônibus e dois caminhões com 62 funcionários da empresa Tabocas de Macarani.

Abordagem aconteceu por volta das 19h30 de terça-feira (7), na Avenida Cinquentenário, em Itapetinga, minutos antes do desembarque dos funcionários em um hotel do Centro da cidade.

O site IRepórter apurou que todos os trabalhadores receberam alta médica após 14 dias de quarentena, como manda o protocolo dos órgãos de saúde. Como não foram submetidos ao segundo teste para saber se ainda estão com o vírus, à prefeitura de Itapetinga não permitiu que os homens ficassem na cidade.

Após 2 horas de conversa, a empresa conseguiu providenciar um hotel em Vitória da Conquista, para onde os trabalhadores foram levados e permanecerão até o resultado do segundo teste para Covid-19.    

Os trabalhos da empresa estão suspensos nos municípios de Itapetinga e Macarani.

Veja também:

Cavalo tem as patas cortadas a golpes de foice em Caatiba

Itapetinga: 21 máquinas caça-níqueis apreendidas e 12 pessoas presas

1 COMENTÁRIO

  1. Muito triste, isso!!! Será que aqui não tem mais condições de atender essas pessoas do que em
    Macarani? Se eu tivesse muito dinheiro pagaria médicos particulares para atendê-los. Isso é de cortar o coração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui