IRepórter

Mulher morre com sintomas de Covid-19 em Itapetinga

Uma mulher, 55 anos, iniciou seus sintomas no 25 de maio apresentou febre, aumento da pressão arterial e desconforto respiratório. Procurou a UPA no dia 01 de junho apresentando diminuição da saturação de oxigênio e dispneia. A Vigilância foi informada e, no dia 02, fez a coleta de material para o exame que foi enviado ao Lacen. No mesmo dia, a paciente foi transferida para o Hospital das Clínicas de Conquista aonde permaneceu até o final da semana passada.

Em casa, a paciente recebeu a visita da Vigilância Epidemiológica no dia 08 e o monitoramento se seguiu. No dia 10, ela voltou a apresentar problemas respiratórios e baixa saturação e retornou à UPA. A Central de Regulação providenciava sua transferência, mas ela não resistiu.

O Lacen ainda não enviou o resultado do exame, mas a paciente já havia feito exame de sorologia particular e seu resultado deu IGG reagente e IGM não reagente, o que significa que ela teve contato em determinado momento, mas que a carga viral baixou.

Só o RT-PCR poderá atestar com segurança se ela estava ou não com a Covid-19. (Ascom – Prefeitura)

Resumo: últimas notícias de Itapetinga e região; assista AQUI


Curta e Compartilhe.


Leia Também