IRepórter

Polícia interrompe festa clandestina no Rio Pardo

Por causa da pandemia do Coronavírus, o governo do Estado da Bahia lançou um decreto lei, o qual proíbe a realização de qualquer evento. A fiscalização fica por conta dos órgãos de segurança pública.

O problema é que muitos moradores continuam se aglomerando , talvez até mais do que antes do vírus. Aos finais de semana e feriados, muitos moradores da cidade têm endereço certo. Alguns pontos do Rio Pardo nunca foram tão visitados como agora. Os visitantes fazem tudo que não podem fazer na cidade: não usam máscara, se aglomeram e consomem bebida alcoólica à vontade. O velho e sofrido Rio Pardo é testemunha ocular dessa história, que se repete com frequência.

Na tarde de domingo (28), pessoas foram notificadas e veículos em situação irregular apreendidos durante uma ação conjunta da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal (GCM) em Potiraguá. A operação aconteceu na tarde deste domingo na Ponte do Rio Pardo. Apesar das pessoas serem flagradas cometendo crime contra a saúde pública (artigo 267), ninguém foi preso, porém, o evento foi encerrado imediatamente. A Polícia Militar local prometeu intensificar a fiscalização de combate a Covid.

Na Ponte do Rio Pardo, divisa dos municípios de Itapetinga e Macarani, não é diferente. No entanto, não há informações de operação policial por lá, até o momento. (Por ireporter.blog com fotos do blogdoedyy)

Veja também:

Comerciante de Itapetinga segue hospitalizado em Conquista

Itapetinga e Maiquinique| Pessoas são presas e drogas apreendidas pela Cipe Sudoeste; assista

Vídeo | corpo é encontrado na Lagoa em Itapetinga

 


Curta e Compartilhe.


Leia Também

Open chat