conecte-se conosco
 

 

Municipios

Justiça mantém presos suspeitos de matar jovem por engano em Firmino Alves

Publicado em

A Justiça Criminal determinou que os dois homens suspeitos do assassinato do jovem Diego Almeida dos Santos, de 27 anos (foto), vão permanecer preso. O homicídio aconteceu na madrugada desse sábado (4), no Centro da cidade de Firmino Alves.

Ainda no sábado, uma ação das policias Civil e Militar resultou na prisão dos investigados. Eles foram surpreendidos pelos agentes em Rio do Meio, distrito de Itororó, e Bandeira do Colônia, distrito de Itapetinga, onde moram.

Durante depoimento à polícia, os suspeitos negaram o homicídio, mas foram autuados em flagrante pelo crime. Em seguida, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva dos investigados. O pedido foi aceito e a prisão em flagrante foi convertida em prisão preventiva. Agora, a polícia tem 10 dias para concluir o inquérito do caso.

Morto por engano, conforme investigação inicial

Diego foi assassinado quando estava dentro de um bar.

Informações divulgadas pela própria polícia dão conta que os suspeitos estavam em um carro de passeio. O grupo, que usava roupas camufladas, se passou por policiais. Os clientes foram obrigados a deitar no chão. Em seguida, um dos suspeitos perguntou por “Diego Índio”, mas Diego respondeu que não era a pessoa que estavam procurando. Diego Almeida dos Santos foi morto com vários tiros.

A investigação inicial da polícia aponta que o rapaz foi morto por engano. Ele não tinha passagem e era conhecido como um cidadão de bem e trabalhador no município de Firmino Alves.

VEJA TAMBÉM


Compartilhe:
Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

error: Content is protected !!