IRepórter

Buraco na BA-263, entre Itapetinga e Itambé, causa acidente de trânsito

Um acidente de trânsito foi registrado na rodovia BA-263, no trecho que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, na madrugada do último domingo (13).

De acordo com testemunhas,  o homem que dirigia o carro no momento do acidente se identificou apenas como sendo um mecânico, morador  de Vitória da Conquista. 

Ele viajava  sozinho no veículo sentido Itambé e nas proximidades da “Fazenda Mata Escura” perdeu o controle da direção após o veículo cair em um buraco.

O carro ficou danificado,  mas a vítima não sofreu ferimentos. 

Polícia Civil prende acusado de abusar sexualmente de criança em Conquista

Policiais civis do Núcleo da Criança e do Adolescente, de Vitória da Conquista, prenderam, na manhã desta terça-feira (15), João Carlos Oliveira, mais conhecido por  ‘Galo Cego”.

Os policiais cumpriram mandado de prisão preventiva contra o homem, que é apontado pela polícia como autor do estupro contra uma criança de 11 anos.

Segundo a Polícia Civil, para cometer o crime, o acusado usou de violência física e ameaçou a vítima de morte, caso fosse denunciado pela violência sexual. 

Ainda segundo a polícia, ‘Galo Cego’ tem passagens por tráfico de drogas. Ele permanece no Disep até ser transferido para o Conjunto Penal.

Morador de Vitória da Conquista morre após acidente na estrada de Itororó

Além das péssimas condições da maioria das rodovias do  Médio Sudoeste da Bahia, os animais de grande porte em via pública é outro problema que precisa de soluções urgente. 

Na madrugada desta segunda-feira (14), uma vaca no meio da pista provocou um acidente de trânsito que resultou na morte  de um rapaz, identificado como Daniel Porto Marques Guerra. No momento da colisão, o jovem pilotava uma motocicleta com destino a  uma fazenda no município de Itororó. 

O site IReporter apurou ainda que o acidente aconteceu nas proximidades da empresa ‘Cal Polar’ e que Daniel foi socorrido e levado ao Hospital Cristo Redentor, em  Itapetinga, mas não resistiu aos ferimentos. O socorro da vítima para o hospital foi realizado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele tinha 27 anos e morava no Centro de Vitória da Conquista. 

O corpo do homem será liberado para os familiares após exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Homem é preso suspeito de estuprar filha de 6 anos

Um homem de 44 anos foi preso suspeito de estuprar a própria filha, de 6 anos, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Segundo a delegada Rosilene Correia, titular do Núcleo da Criança e do Adolescente da Polícia Civil na cidade, Endelson Oliveira Damasceno foi preso nesta quinta-feira (10), após uma denúncia de familiares da criança.

De acordo com a delegada, a suspeita surgiu após o irmão da vítima, de apenas 4 anos, simular atos sexuais com a menina na frente das tias. Rosilene Correia informou que os parentes estranharam a situação e perguntaram ao menino por que ele estava agindo daquela forma, e o garoto respondeu que estava fazendo com a irmã a mesma coisa que o pai fazia. Os familiares, então, procuraram a polícia.

A delegada informou que a mãe das crianças morreu há um ano e os dois irmãos moravam com os avós paternos, mas passavam os finais de semana com o pai, que trabalha como feirante.

A suspeita é que os abusos aconteciam há cerca de um ano. A vítima foi ouvida pela polícia e chegou a detalhar os abusos do pai.

O suspeito nega as acusações. No entanto, segundo a delegada Rosilene Correia, exames constataram que a criança perdeu a virgindade e confirmou que ela foi abusada sexualmente.

As duas crianças foram levadas para um abrigo da cidade. A Justiça vai decidir com quem os dois irmãos vão ficar.

Com mandado de prisão preventiva cumprido, Endelson Oliveira foi levado para o Presídio de Vitória da Conquista. (g1)

Conquista: Prefeito diz que pode acionar policlínica por suspensão de atendimentos

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, disse nesta terça-feira (8) que pode acionar a Justiça no caso da Policlínica Regional. No dia 30 de setembro, o presidente do Consórcio Interfederativo, José Henrique Silva Tigre, o “Quinho”, informou que tanto Conquista como Itapetinga não haviam feito repasses desde a inauguração da unidade de saúde. Por isso, estariam impedidas de enviar pacientes ao local.

Ao Bahia Notícias, Gusmão disse que o problema se deu por limitação no orçamento. “Foi apenas uma precipitação da direção da policlínica. Nós não deixamos de pagar. A gente não pagou porque não pôde pagar. Poderia gerar até improbidade administrativa porque quando aprovamos o orçamento de 2019, em 2018, nem havia policlínica”, declarou.

O gestor disse ainda que pode acionar a unidade de saúde por fechar a agenda para usuários conquistenses. “Fere a constituição federal no artigo 196. Saúde é direito e dever do estado. Vitória da Conquista, uma cidade de 350 mil habitantes, tem mais 800 mil carteiras do SUS. Atende até o Norte de Minas Gerais. Não se pode fechar as portas pra ninguém”, afirmou. (bn)

Número de homicídios aumenta no segundo semestre

O número de mortes violentas em Vitória da Conquista aumentou nestes três primeiros meses do segundo semestre de 2019 ( julho, agosto e setembro), comparado aos meses do ano anterior. O aumento gira em torno de 68%. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Durante os meses de julho e agosto foram registrados respectivamente 11 e 13 homicídios. Em 2018, foram registrados apenas 06 e 05. Já o mês de setembro, até o momento, mantém o mesmo número do ano passado, 08 mortes violentas.

Apesar do aumento nos últimos três meses, a taxa de mortes violentas em 2019 é menor do que 2018, visto que durante o primeiro semestre houve a diminuição em 44%. Entre janeiro e junho de 2018 foram registrados 112 homicídios; já em 2019 o número caiu para 63.

Novas facções devem disputar o tráfico em Conquista – Contudo, as polícias do município poderão ter um novo desafio de evitar o aumento da violência. Na última quarta-feira(25), ‘Dona Maria’, uma das maiores traficantes da região foi capturada. Com a prisão, a disputa pela controle do tráfico em Conquista deve aumentar, gerando violência e mortes entre novas facções. (bc)

Prefeitura confirma realização do Natal Conquista de Luz; saiba mais

O Natal Conquista de Luz está se aproximando e, com ele, a oportunidade para artistas regionais se apresentarem em uma das festas mais tradicionais de Vitória da Conquista. A Prefeitura Municipal já está credenciando projetos musicais que poderão integrar a programação do evento. O período de inscrições vai até o dia 25 de outubro.

Os interessados devem efetuar a entrega dos envelopes na Gerência de Compras da Prefeitura, situada na Praça Joaquim Correia, nº 55, Centro. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30.

Serão selecionados pela comissão julgadora 12 espetáculos musicais para se apresentar no Espaço Glauber Rocha, e outros 12 artistas para a Praça Nove de Novembro. Os pré-requisitos para participar e todas as informações a respeito do credenciamento estão disponíveis no edital da Chamada Pública nº 005/2019.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Secretaria Municipal de Cultura, pelo telefone (77) 3422-8187, ou pelo e-mail [email protected]

Bandidos roubam carro, trocam tiros com a PRF e um dos bandidos morre na BR-116

Dois indivíduos trocaram tiros com agentes da Polícia Rodoviária Federal, em Jequié no Sudoeste da Bahia, na tarde desta segunda-feira, dia 07 de setembro de 2019. O fogo cruzado aconteceu na BR 116, nas proximidades do KM 665. Na ação um funcionário do Fórum teve seu veículo FORD/KA SE 1.0, PLACA PLC-0290, cor branco roubado por volta das 9h50 da manhã de hoje, na cidade de Poções por dois indivíduos armados.

Os agentes da PRF realizavam fiscalização de combate a criminalidade quando no KM 670, cruzou com o referido veículo que ao perceber a presença da viatura empreendeu fuga realizando manobras perigosas disparando contra a guarnição que revidou atingindo um dos assaltantes que foi socorrido para o Hospital Geral Prado Valadares aonde veio a óbito, enquanto o outro empreendeu fuga a pé, adentrando a mata com arma em punho.

Foi apreendido, próximo ao indivíduo caído até o momento sem identificação, um revólver, marca ROSSI, calibre 38,  sem registro no Sistema SINARM, contendo 03 munições intactas e 2 cartuchos deflagrados. O resistente possuía vários registros criminais, dentre eles roubo, receptação e falsificação de moeda nacional, conforme consulta ao portal SSP-BA. Blog Marcos Cangussu

‘Não sou um monstro, não sou um bicho’, defende-se Dona Maria; veja vídeo

“Eu não sou um monstro, eu não sou um bicho. Eu sou um ser humano qualquer”. A declaração ao Jornal Correio da Bahia foi feita por Jasiane Silva Teixeira, a Dona Maria, apontada pela Polícia Civil como a maior traficante do estado.

Líder da facção Bonde do Neguinho (BDN), ela foi apresentada à imprensa, na manhã desta segunda-feira (30), na sede da Polícia Civil, na Piedade. Após ser descoberta em São Paulo, ela acabou presa junto com o namorado, uma das lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Dona Maria, como ficou conhecida no meio policial ao assumir o posto do ex-marido morto em confronto com a polícia, responde a três processos criminais, todos com mandado de prisão em aberto, um deles pela morte de um agente penitenciário. Ainda segundo a Polícia Civil, ela é responsável por ordenar diversas execuções na Bahia, principalmente na região de Vitória da Conquista, Sudoeste baiano.

Após a coletiva, falou sobre sua situação e negou o vulgo a ela atribuído. “Meu nome é Jasiane Silva Teixeira. Desconheço esse vulgo Dona Maria. Se eu quisesse um vulgo, não seria esse. Isso foi através de uma escuta telefônica. Meu finado marido fazendo uma brincadeira, e já saiu uma reportagem assim que ele morreu [dizendo] ‘viúva de fulano de tal, Dona Maria’… Desconheço esse vulgo. Foi através de uma escuta telefônica. E a partir daí colocaram uma fama em mim da qual eu desconheço”.

Ainda de acordo com a polícia, além da Bahia, o BDN tem atuação em Minas Gerais e São Paulo. “A droga e as armas vinham da Colômbia, Venezuela, Peru e Bolívia para Vitória da Conquista, que era o centro de distribuição da facção. Tudo sob os olhares de Dona Maria”, declarou o delegado Marcelo Sansão, diretor do Draco.

Ela negou ser uma das principais traficantes do país. “Se eu fosse tudo isso que falam, não estaria aqui, algemada. Estaria falando aqui na presença de advogados. Vim aqui, botar a cara, para dizer que não sou tudo isso. (…) Eu não sou um monstro, eu não sou um bicho. Eu sou um ser humano qualquer e sei que vou transformar minha vida, e que Deus vai transformar minha vida”, finalizou.

Menina de 7 anos morre ao ser atropelada por homem bêbado em Vitória da Conquista

Uma menina de 7 anos morreu após ser atropelada por um homem alcoolizado em Vitória da Conquista, neste sábado (28). O acidente aconteceu por volta das 21h30, na BR-116, na altura do km 10, próximo ao anel viário.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do carro, modelo Honda Civic, perdeu controle da direção veículo, invadiu o acostamento e atropelou Márcia Stephane Santos Brito, que aguardava para cruzar a via.

A garota estava na companhia da mãe e do padrasto, que já tinha atravessado e as aguardava do outro lado da pista. Ela foi arremessada a uma distância aproximada de 15 metros e morreu no local. Já a mãe sofreu ferimentos leves e recebeu atendimento no local. 

Após o atropelamento, testemunhas tentaram agredir o motorista, mas foram impedidos pela polícia, que investiga a informação de populares, de que o homem trafegava em alta velocidade. A máxima permitida na pista é de 60 km/h.

Após o acidente, o motorista foi submetido ao teste de alcoolemia no local, que detectou que ele havia ingerido álcool. Ele recebeu atendimento médico e foi encaminhado para a Central de Flagrantes do Distrito Integrado De Segurança Pública (Disep), em Vitória da Conquista.

O homem responderá pelo crime previsto no art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro, por “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência”.

As penas são detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir.

Márcia Stephane foi enterrada nesta segunda-feira (30). (correio)

Open chat