IRepórter

Indígenas ocupam fazenda em Itapetinga

Um grupo invadiu a Fazenda Esmeralda, de 643 hectares, na zona rural de Itapetinga, na manhã desta segunda-feira (5). O imóvel pertence à família Vieira Lima. A informação foi confirmada ao Metro1 pelo ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima (MD). À reportagem, ele afirmou que os advogados estão “tomando as providências cabíveis”.

Segundo os ocupantes, eles são da Aldeia Alto da Abobreira, das Etnias Kamakãns e Imborés. O grupo disse que “a retomada foi feita de forma pacífica e ordeira”, por 50 famílias, entre elas homens, mulheres, crianças e idosos.

Essa não é a primeira vez que o imóvel é invadido. No Natal de 2017, a Fazenda Esmeralda foi ocupada por cerca de 30 índios da etnia Pataxó Hã Hã Hãe. A ocupação, encerrada após negociação com a Polícia Militar (PM), durou dois dias.

Em outra oportunidade, um grupo de índios também ocupou as terras por 14 dias, entre o final de setembro e início de outubro de 2017. Eles alegaram que a terra é de habitação tradicional indígena, o que já foi negado pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

Cãozinho que foi baleado e abandonado para morrer tem uma segunda chance na vida

Todos os animais querem na vida brinquedos, guloseimas e ter um ser humano para amar e ser amado em troca. No entanto, um cachorrinho foi baleado na região da cabeça e abandonado em um esgoto do Bairro Vila Érica. O caso aconteceu na cidade de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, na noite de quarta-feira (21).

A cena do cachorro agonizando em meio ao esgoto com duas perfurações de arma de fogo na cabeça revoltou os moradores da localidade. Eles, que preferem o anonimato, disseram que não têm informações da pessoa responsável pelo crime, mas acionaram a Ong SOS Animais de Rua para resgatar o animal. 

Procurada pelo IRepórter, a Ong informou que resgatou o cachorro, inclusive, ele foi atendido por um veterinário, passou por exames e está se recuperando. A incrível equipe lhe deu até um nome: Bruce.

Existiam duas perfurações de arma de fogo na cabeça do cachorrinho, porque a bala que o atingiu passou de um lado ao outro

Reportagem: Eudo Mendes

Recentemente, uma reportagem exclusiva, mostrou a situação a qual se encontra a Ong SOS Animais de Rua em Itapetinga, além dos crimes cometidos contra os animais na cidade (vídeo).

Município de Nova Canaã: Preso padrasto acusado de estuprar e engravidar enteada de 11 anos

Na manhã desta segunda-feira (12), agentes da delegacia de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 40 anos, identificado como Reinaldo Silva Santos.

O homem é acusado de estuprar e engravidar a enteada, na época com 11 anos, no distrito de Icaraí, pertencente ao município de Nova Canaã. O caso aconteceu há 3 anos e revoltou os moradores da localidade.

Delegacia de Itapetinga

De acordo com a Polícia Civil, a criança foi abusada sexualmente várias vezes pelo acusado, sendo pelo menos duas vezes com penetração. Depois do ocorrido, o homem fugiu do município de Nova Canaã.

Ainda segundo a polícia, a mãe da vítima procurou a delegacia para informar que o ex-companheiro não estava pagando a pensão alimentícia. Reinaldo soube da denúncia e ameaçou a  mulher de morte.

A ordem para prender Reinaldo partiu do Juiz da Comarca de Iguaí, Dr Fernando Marcos Pereira, após solicitação do delegado titular de Nova Canaã, Dr Odilson.

Foram realizadas pela Polícia Civil, nos últimos dias,  buscas para prender Reinaldo. Com o cerco se fechando, ele procurou o Complexo Policial e se entregou aos agentes de plantão. No momento da prisão, o homem disse que “não fez nada” e chorou.

Atualmente, ele era funcionário de uma fazenda no município de Itapetinga.

Após exame de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), o homem foi levado para a carceragem, onde segue preso em cela separada, à disposição da justiça.

O Juiz deverá solicitar o exame de DNA para comprovar a paternidade. Independentemente do resultado, Reinaldo será julgado por estupro de vulnerável, já que o depoimento da vítima não deixa dúvidas. A pena é de 8 a 15 anos de prisão.

Caatiba: motorista é preso por embriaguez ao volante após acidente

O pedreiro Roberto Dias Souza foi preso no fim da manhã de sábado (8), na rodovia BA-265, trecho que liga os municípios de Itapetinga e Caatiba, após fazer uma ultrapassagem e bater no fundo de um caminhão boiadeiro.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) foi acionada para registrar a ocorrência, mas ao chegar no local, constatou-se que o motorista do VW Santana não possui a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e apresentava sinais de embriaguez. O homem recebeu voz de prisão, foi conduzido e apresentado no Complexo Policial de Itapetinga.

Em seu depoimento, Roberto, que viajava sozinho no carro no momento do acidente, confessou que ingeriu bebida alcoólica. Ele saiu de Itapetinga com destino ao município de Barra do Choça, onde mora.

O acusado foi liberado da delegacia na tarde do mesmo dia após pagamento de fiança, no entanto, vai responder em liberdade pelos crimes previstos nos artigos 306 e 309 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Itororó: Bandidos explodem agências bancárias e reviram joalheria

Bandidos explodiram duas agências bancárias e invadiram uma joalheria no município de Itororó, no centro-sul baiano. Os crimes aconteceram na madrugada deste sábado (5).

De acordo com informações da Polícia Civil, os bandidos chegaram ao município, foram em direção ao pelotão da Polícia Militar e atiraram, para evitar que fossem seguidos.

Depois, o grupo explodiu duas agências, que ficaram completamente destruídas. Ainda não há informações se eram foram danificadas simultaneamente ou se ocorreram duas ações. Em uma delas, parte do teto desabou. Ninguém ficou ferido.

Tiros disparados contra a viatura da PM

Antes de deixar a cidade, eles ainda invadiram uma joalheria e reviraram todo o estabelecimento, mas nada foi roubado.

Ainda segundo a polícia, equipes fizeram uma perícia nos locais na manhã deste sábado (5). Dois carros usados pelos bandidos foram encontrados queimados, na estrada que liga Itororó a Potiraguá.

Ninguém foi preso até o momento. (Correio)

Open chat