IRepórter

Em Nova Canaã, avô que estuprou neta de 9 anos é preso

O avô de 66 anos prestou depoimento na delegacia do município de Nova Canaã, no Sudoeste da Bahia, e confessou o abuso. Ele foi preso na manhã da última segunda-feira (9), após mandado de prisão temporária expedido pela comarca de Iguaí, cidade próxima.

O site IRepórter apurou que o acusado fugiu para o município de Itororó, mas passou a ser monitorado por agentes da Polícia Civil. O homem foi surpreendido pelos policiais no momento que deixava a residência em Nova Canaã.

O estupro:
O estupro de vulnerável aconteceu no dia 30 de setembro, por volta das 16h30, quando a criança estava dormindo e o denunciado deitou-se ao lado, passando a tocá-la nas partes íntimas, enquanto se masturbava. Ao acordar, a criança notou que o seu avô estava despido. Em seguida, ele disse para ela não contar para ninguém o que havia acontecido. A menina, que estava somente com o avô dentro de casa no momento do crime, saiu correndo em busca de ajuda.

Durante as investigações, a Polícia Técnica encontrou esperma na calcinha da vítima. Diante das provas apresentadas, o Poder Judiciário autorizou a prisão temporária do acusado, que durante depoimento confessou o delito.

Nos próximos dias a prisão deverá ser convertida em prisão preventiva.

A identificação e a imagem do investigado não foram divulgadas para não expor a criança, que além de parente tinha uma relação bem próxima a vítima.

Também estamos no Youtube. Clique aqui, se inscreva no canal, porque frequentemente temos vídeos novos.

MPF denuncia prefeito de Nova Canaã e empresário por desvio de R$ 253 mil em verbas do FNDE

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o prefeito do município baiano de Nova Canaã, Marival Neuton de Magalhães Fraga, e o empresário Charles Tambori Correia, pelo desvio de R$ 253.094,33 (valor histórico) em verbas repassadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), fato ocorrido em mandato anterior do prefeito. A denúncia, oferecida à Justiça Federal no último dia 16 de outubro, informa que o crime ocorreu no período de 12 de agosto de 2011 a 26 de dezembro de 2012, por meio de um contrato para a construção de uma creche escolar.

De acordo com o procurador da República Tiago Modesto Rabelo, em 2010 a Prefeitura de Nova Canaã firmou com o FNDE o Convênio 702538/2010 para a construção de uma creche pelo Programa Próinfância. Do valor total de R$ 1.160.177,85, caberia à instituição federal o repasse de R$ 1.148.576,07 e, ao município, a contrapartida de R$ 11.601,78.

Para executar a obra, a prefeitura contratou a Construtora Correia Santos, da qual Charles Tambori Correia era sócio-administrador, com 97% de participação. Em agosto de 2011, após o repasse pelo FNDE do valor de R$ 574.288,04, a Prefeitura de Nova Canaã efetuou diversos pagamentos irregulares à construtora, que somaram a quantia líquida de R$ 412.729,08.

Em 2014, finda a vigência do contrato, foi constatado que a construtora havia realizado apenas 13,77% da obra, que já se encontrava paralisada desde o início de 2013, serviço equivalente ao valor de R$ 159.634,75 do total pago à empresa. Por meio de parecer técnico, identificou-se superfaturamento de 153,5% do objeto do contrato, correspondente aos pagamentos indevidos por serviços que não foram executados pela construtora.

A diferença entre o valor pago à empresa e o valor referente ao percentual de execução da obra é de R$ 253.094,33, recurso público desviado pelos réus em favor da empresa contratada, cujo sócio-administrador se apropriou dos valores sem executar a obra.

Pedidos – O MPF requer a condenação de Marival Neuton de Magalhães Fraga e Charles Tambori Correia pelo crime de desvio de verba pública, definido no Decreto-Lei 201/1967 (Crimes de Responsabilidade de Prefeitos), que prevê pena de dois a doze anos.

Íntegra da denúncia

E agora? – O MPF aguarda que a Justiça Federal receba a denúncia para fins de prosseguimento da ação penal, que pode resultar na condenação e na aplicação das penas cabíveis aos denunciados. ( Assessoria de Comunicação/MPF )

Quero receber notícias direto no meu Whats App

Município de Nova Canaã comemora aniversário de 58 anos de emancipação política

Nova Canaã comemora nesta segunda-feira (21),  58 anos de emancipação política. Localizado no Médio Sudoeste baiano, a ‘terra prometida’ emana muitas riquezas. 

Na pecuária, destacam-se os rebanhos de bovinos e  equinos. Parte dos produtos que são comercializados na feira livre da cidade é produzido por moradores do  próprio município. São produtos típicos do homem do campo como requeijão, beijus, tapiocas, farinha e outros.   

O município é banhado  pelo Rio do Vigário, que se mantém forte. Nova Canaã  fica a 7 km de Iguaí, 45 km de Poções, a 23 km de Ibicuí. 

As comemorações dos 58 anos de emancipação política do município serão realizadas  de 15 a 17 de novembro na Praça Paulo Costa. Artistas como Léo Magalhães, Manu de Goiânia,  Sinho Ferrary, Nadson Ferinha, Tony Canabrava, Maderada, Amado Brasílio, além de bandas locais.     

Serão três dias de muita festa para comemorar  o aniversário de quase 6 décadas do município de Nova Canaã. A prefeitura, sob o comando do médico Marival Fraga, ainda não divulgou o valor gasto para a realização do evento, nem se haverá  inauguração de obras durante as comemorações.

Nova Canaã: Júnior Bento avalia cenário político para 2020 e comenta pré-candidatura

De família tradicional no município de Nova Canaã, Carlos Bento da Silva Júnior,  popularmente conhecido por Júnior Bento, esteve, recentemente, com o site IReporter para comentar a respeito da sua pré-candidatura  a vereador no distrito de Icaraí, onde reside atualmente. 

Antes, o entrevistado foi questionado sobre o cenário político no município de Nova Canaã. Na opinião dele, o atual prefeito (Marival Fraga),  que recentemente deixou o MDB para se filiar ao PT, não terá dificuldades para se reeleger em 2020. 

Oposição 

Marival  terá que enfrentar nas urnas pelo menos dois adversários:   Raquel Lopes Andrade, ex-prefeita e um grupo novo, intitulado ‘Cheiro de Mudança’, o qual lançou como pré-candidato a prefeito o  Pastor Aldemir. Porém, o grupo ainda está ganhando ‘musculatura’ política.

Raquel Lopes (PSB), também conhecida por ‘Kekéu’,   governou o município   por 4 anos, mas na última  eleição municipal acabou derrotada pelo atual prefeito de Nova Canaã.   Eleita com 4. 449 votos, ela foi a primeira prefeita do município. E, agora quer retornar ao poder. 

Entrevista

Aos 38 anos de idade, Júnior Bento, pela segunda vez,  vai tentar uma vaga no legislativo. Ele espera contar com o apoio da comunidade de Icaraí   para representá-la na câmara de vereadores do município.  

Filiado ao Partido Progressista (PP), o pré-candidato prefere apostar em um nova forma de fazer política, sem troca de favores, nem compra de votos; nada que seja ilegal ou imoral.  

“Tenho confiança no meu trabalho. Eu quero  compromisso com a população que tenha consciência  de uma política onde a gente venha defender a todos. Eu acredito nisso!”, afirmou.  

Júnior Bento tem um adversário político forte, inclusive, articulador, atualmente, presidente  da casa legislativa, vereador Aelton Ribeiro. No entanto, na opinião do entrevistado, Icaraí pode ter dois vereadores no distrito, como já aconteceu no passado.   

“Ele trabalha de uma forma e eu de outra, mas,  a gente vai tentar buscar o melhor para nossa comunidade. Eu vou atrás dessa vaga”, frisou. 

Confira a entrevista na íntegra.

Município de Nova Canaã: Preso padrasto acusado de estuprar e engravidar enteada de 11 anos

Na manhã desta segunda-feira (12), agentes da delegacia de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 40 anos, identificado como Reinaldo Silva Santos.

O homem é acusado de estuprar e engravidar a enteada, na época com 11 anos, no distrito de Icaraí, pertencente ao município de Nova Canaã. O caso aconteceu há 3 anos e revoltou os moradores da localidade.

Delegacia de Itapetinga

De acordo com a Polícia Civil, a criança foi abusada sexualmente várias vezes pelo acusado, sendo pelo menos duas vezes com penetração. Depois do ocorrido, o homem fugiu do município de Nova Canaã.

Ainda segundo a polícia, a mãe da vítima procurou a delegacia para informar que o ex-companheiro não estava pagando a pensão alimentícia. Reinaldo soube da denúncia e ameaçou a  mulher de morte.

A ordem para prender Reinaldo partiu do Juiz da Comarca de Iguaí, Dr Fernando Marcos Pereira, após solicitação do delegado titular de Nova Canaã, Dr Odilson.

Foram realizadas pela Polícia Civil, nos últimos dias,  buscas para prender Reinaldo. Com o cerco se fechando, ele procurou o Complexo Policial e se entregou aos agentes de plantão. No momento da prisão, o homem disse que “não fez nada” e chorou.

Atualmente, ele era funcionário de uma fazenda no município de Itapetinga.

Após exame de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), o homem foi levado para a carceragem, onde segue preso em cela separada, à disposição da justiça.

O Juiz deverá solicitar o exame de DNA para comprovar a paternidade. Independentemente do resultado, Reinaldo será julgado por estupro de vulnerável, já que o depoimento da vítima não deixa dúvidas. A pena é de 8 a 15 anos de prisão.

Open chat